Wilhelm Reich - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Wilhelm Reich


  Biografias
Iconoclasta e revolucionário, Reich foi o primeiro a entender a sexualidade como um direito e o primeiro a defender a educação sexual. Marxista e psicanalista, mas renegado igualmente pelos adeptos de Marx e de Freud, teve sua obra queimada ou proibida por comunistas, nazistas e americanos.
Wilhelm Reich nasceu em Dobrzcynica, região da Galícia (hoje na Polônia), em 24 de março de 1897. Cursou medicina na Universidade de Viena e, em 1920, tornou-se membro da Sociedade Psicanalítica. Rompeu com Freud por considerar a psicanálise socialmente reacionária: enquanto que para Freud a civilização é necessariamente repressiva e a sublimação é indispensável para que a energia humana se volte para o trabalho, para Reich é indispensável reconhecer o direito humano a uma sexualidade saudável. Sem pôr em dúvida a origem sexual das neuroses, interessou-se pelas condições sociais dos pacientes. Acreditava que as emoções reprimidas manifestavam-se também como tensões musculares e que tal armadura mental e física podia ser desfeita por meio de manipulações diretas e por um processo de conscientização, o que expôs em Die Funktion des Orgasmus (1927; A função do orgasmo).
Em 1929, expôs conceitos verdadeiramente revolucionários numa conferência, que assumiu proporções de provocação quando afirmou que a educação e a moral do sistema capitalista eram responsáveis pelas neuroses. No ano seguinte, radicou-se em Berlim, onde o ambiente científico era mais aberto e, no mesmo ano, publicou Geschlechtsreife, Enthaltsamkeit, Ehemoral (Maturidade sexual, abstinência e moral conjugal), primeira versão do livro que seria editado em 1945 com o nome de The Sexual Revolution (A revolução sexual), uma de suas obras mais conhecidas. Contracepção, aborto e prazer eram temas de suas audaciosas palestras. A partir de 1934, dedicou-se à disciplina que ele chamou orgonomia, ou estudo dos "orgônios", que ele descreveu como unidades de energia cósmica dotadas da propriedade de estimular o sistema nervoso. Expulso do Partido Comunista e da Sociedade Psicanalítica, iniciou um longo périplo por várias cidades européias até que, finalmente, em 1939, radicou-se nos Estados Unidos.
Foi professor da New School for Social Research, em Nova York, e inaugurou em 1941 o Orgone Institute. Criou a "caixa de orgônio", cabine especial destinada a curar impotência, câncer e outros males, que obteve grande sucesso comercial e motivou contra ele uma acusação de fraude. Condenado à revelia, foi diagnosticado como paranóico e encarcerado na prisão de Lewisburg, onde morreu oito meses depois, em 3 de novembro de 1957.
<

Veja também: