Wilhelm Olbers - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Wilhelm Olbers


  Biografias

Célebre pelo paradoxo que leva seu nome, o astrônomo  alemão Wilhelm Olbers descobriu diversos asteróides e cometas. Enunciou também uma teoria sobre a posição da cauda dos cometas que se confirmou no século XX.

Heinrich Wilhelm Matthäus Olbers nasceu em Arbergen, perto de Bremen, em 11 de outubro de 1758. Estudou medicina e matemática em Göttingen, de 1777 a 1780. Em 1779 elaborou um novo método de calcular a órbita dos cometas que foi adotado universalmente. Em 1781 abriu uma clínica médica em Bremen, fez construir um observatório na parte superior de sua casa e passou a dedicar grande parte da noite à astronomia. Descobriu assim os asteroides Pallas em 1802 e Vesta em 1807. Em 1811 elaborou a teoria segundo a qual a cauda de um cometa sempre aponta para o lado contrário ao sol, em virtude da pressão da radiação solar. No século XX, a pressão de radiação da luz foi comprovada em laboratório. Em 1815 o astrônomo descobriu o objeto que viria a ser conhecido como cometa de Olbers e previu corretamente seu retorno dentro de 74 anos.

Em 1823 propôs o que passou a chamar-se paradoxo de Olbers, relacionado com a escuridão do céu à noite: se o universo é infinito e uniformemente povoado de astros luminosos, cada linha de visão deveria terminar na superfície de uma estrela. Assim, ao contrário do que se observa, o céu noturno deveria ser iluminado em toda parte, sem espaços escuros entre as estrelas. A pesquisa mostrou que o paradoxo já fora proposto por diversos cientistas, inclusive Kepler, que em 1610 o usou como argumento contra a noção de um universo com infinito número de estrelas. A solução mais simples seria a de que a vida luminosa média das estrelas é curta demais para chegar à Terra. Num universo em expansão, pode-se argumentar da mesma forma: o universo é jovem demais para a luz ter chegado à Terra de regiões muito distantes.

Em 1832, já aposentado da clínica médica, Olbers predisse que a Terra passaria pela cauda do cometa de Biela, o que causou grande tumulto na Europa, embora nenhuma catástrofe ocorresse como consequência. O astrônomo morreu em 2 de março de 1840 em Bremen.


Veja também: