Werner Heisenberg - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Werner Heisenberg


  Biografias

O trabalho do físico Werner Heisenberg foi determinante para o progresso da física atômica e nuclear e valeu-lhe o Prêmio Nobel de física de 1932. Sua influência estendeu-se ao pensamento filosófico contemporâneo.

Werner Karl Heisenberg nasceu em Würzburg, Alemanha, em 5 de dezembro de 1901. Doutorou-se em física pela Universidade de Munique, em 1923, e no ano seguinte tornou-se assistente de Max Born no centro universitário de Göttingen. Logo transferiu-se para Copenhague, onde trabalhou com Niels Böhr.

Em 1927 passou a ensinar física na Universidade de Leipzig. No mesmo ano, enunciou o princípio da indeterminação ou da incerteza, segundo o qual é impossível medir, simultaneamente e com precisão absoluta, a posição e a velocidade de uma partícula. Ambas as grandezas podem ser determinadas exatamente de forma separada, mas quanto mais exata é uma delas, mais incerta se torna a outra. Essa idéia, rejeitada por Einstein e outros cientistas, rompeu com o determinismo clássico da física newtoniana. O princípio da indeterminação abriu um novo campo não só para a física, mas para a teoria do conhecimento.

De 1942 a 1945, Heisenberg dirigiu o Instituto Max Planck, de Berlim. Durante a segunda guerra mundial trabalhou com Otto Hahn, um dos descobridores da fissão nuclear, no projeto de um reator nuclear. Depois da guerra, organizou e dirigiu o Instituto de Física e Astrofísica de Göttingen.

Em 1958 acompanhou a transferência do instituto para Munique, onde concentrou, desde então, sua pesquisa científica sobre a teoria das partículas elementares.
Heisenberg também fez importantes descobertas no domínio da hidrodinâmica das turbulências, da estrutura do núcleo atômico, do ferromagnetismo e dos  raios cósmicos. Publicou vários artigos e livros, entre os quais destacam-se Die physikalischen Prinzipien der Quantentheorie (1930; Os princípios físicos da teoria dos quanta), Die Physik der Atomkerne (1943; A física dos núcleos atômicos) e Physik und Philosophie (1959; Física e filosofia). Heisenberg morreu em Munique, em 1º de fevereiro de 1976.


Veja também: