Vicunha - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Vicunha


  Zoologia
Para preservar ar as vicunhas da extinção, só a longos intervalos os incas lhe davam caça. Com sua lã faziam maravilhosos tecidos, de uso reservado às classes sociais mais poderosas do império.
A vicunha (Vicugna vicugna) é um mamífero artiodáctilo, ou seja, com número par de dedos, da família dos camelídeos. Para alguns zoólogos, não passa, como a alpaca e o guanaco, de uma raça diferenciada de lhama (Lama glama). Com setenta a oitenta centímetros de altura nos ombros, a vicunha é o menor dos camelídeos dos Andes. Seus dentes incisivos inferiores têm crescimento contínuo, como os dos roedores, embora ela seja herbívora. O pêlo, fino e leve, é castanho-claro, com mechas esbranquiçadas mais longas que pendem da barriga e do peito. O aproveitamento do pêlo para o fabrico de uma lã rústica e bela, usada quase sempre na coloração natural, é feito principalmente na Bolívia, Peru e Chile.
Animal gregário, a vicunha vive em bandos de dez ou mais indivíduos nos Andes centrais, a altitudes que variam de 3.600 a 4.800m. É comum que um macho mais velho se ponha à frente dos pequenos bandos selvagens para exercer função de líder.
O período de gestação dura cerca de dez meses, findo os quais nasce um filhote ou, em raras ocasiões, dois. Considerada espécie rara, por ter sido caçada indiscriminadamente nos últimos séculos, a vicunha está hoje protegida por lei nos países onde ocorre. Sua domesticação, tentada desde o século XIX, nunca deu resultados apreciáveis.