Ulpiano - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Ulpiano


  Biografias
As obras de Ulpiano, um dos grandes jurisconsultos do período clássico, influenciaram a evolução do direito romano e bizantino.
Domício Ulpiano nasceu em Tiro, Fenícia, na segunda metade do século II. Residente desde a juventude em Roma, ocupou cargos administrativos importantes nos reinados de Sétimo Severo, Caracala e Alexandre Severo. Começou a carreira como assessor do jurista imperial Papiniano, entre os anos 205 e 211. Sob Caracala, dedicou-se ao magistério. Banido depois da morte de Caracala, voltou a Roma a chamado de Alexandre Severo, que em 222 o nomeou seu principal conselheiro e comandante da guarda pretoriana.
O espírito humanista e eqüitativo de Ulpiano, que inspirou a Alexandre Severo a tolerância para com os cristãos, marcou também sua vasta obra jurídica. Escrita na maior parte entre 212 e 217, nela se destacam as coleções Libri ad Sabinum (Livros contra Sabino) e Libri ad edictum praetoris urbani (Livros sobre os editos dos pretores urbanos), comentários sobre direito privado, penal e administrativo.
A reputação de Ulpiano cresceu após sua morte. A "lei das citações" de 426 incluiu-o entre os cinco juristas cuja opinião deveria ser considerada lei na administração da justiça. Seus trabalhos constituíram fonte fundamental do Digesto (533), compilação legislativa efetuada por ordem de Justiniano I, obra decisiva para a preservação do direito romano na cultura ocidental. Tendo procurado limitar o poder dos pretorianos, Ulpiano foi assassinado por eles em Roma, no ano 228, diante do imperador, que teria o mesmo destino sete anos depois.

Veja também: