Tennessee Williams - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Tennessee Williams


  Biografias
A atmosfera de cortesia hipócrita que dissimula a brutalidade das relações humanas é uma constante nas peças de Tennessee Williams, brilhantes exemplares do gênero dramático americano conhecido como "tragédia do homem comum". Blanche Du Bois, de Um bonde chamado desejo, é a própria imagem da decadência e um dos personagens mais pungentes da história do teatro.
Thomas Lanier Williams, que se tornaria conhecido pelo nome de Tennessee Williams, nasceu em Columbus, Missouri, Estados Unidos, em 26 de março de 1911. Depois de estudar em diversas universidades, trabalhou por algum tempo numa fábrica de sapatos e em 1938 licenciou-se em arte dramática pela Universidade de Iowa. Tornou-se conhecido do público com The Glass Menagerie (1944; À margem da vida), estudo sobre a decadência de uma família aristocrática do sul dos Estados Unidos -- cenário habitual de suas obras. O tom simbólico dessa peça tornou-se mais agressivo e direto no drama que lhe valeu o primeiro Prêmio Pulitzer, A Streetcar Named Desire (1947; Um bonde chamado desejo).
O relativo fracasso do romance The Roman Spring of Mrs. Stone (1950; A primavera romana da senhora Stone) e da comédia alegórica Camino Real (1953) induziram-no a retornar à temática anterior, e nos anos seguintes publicou uma série de obras, como Cat on a Hot Tin Roof (1955; Gata em teto de zinco quente), Suddenly Last Summer (1958; De repente no último verão) e Sweet Bird of Youth (1959; Doce pássaro da juventude), notáveis pela atmosfera passional e a exposição crua de conflitos sexuais e sociais.
Com The Night of the Iguana (1961; A noite do Iguana), cujo argumento descreve a busca da paz espiritual no México por um padre alcoólatra, Williams esboçou uma evolução estilística que no entanto foi truncada. Distúrbios nervosos, o alcoolismo e o uso indiscriminado de tranqüilizantes distanciaram Williams da literatura e levaram-no a um colapso em 1969. Suas obras posteriores não tiveram a originalidade nem o sucesso das anteriores. Tennessee Williams escreveu ainda dois romances, ensaios, poesia, roteiros cinematográficos, contos e uma autobiografia. Morreu em Nova York, em 25 de fevereiro de 1983.

Veja também: