Tatuí - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Tatuí


  Artrópodes
Lançados em grande quantidade nas praias, às quais são trazidos pelas ondas, os tatuís se valem de suas patas escavadoras para se enterrarem rapidamente na areia. Malgrado a velocidade com que abrem canais para esconder-se, são presas fáceis, e andar a sua procura, nas faixas de areia úmida, é diversão tradicional das crianças.

Tatuí é um crustáceo decápode da subordem dos anomuros -- a mesma do bernardo-eremita ou paguro -- pertencente à família dos hipídeos e se integra, como os demais crustáceos, ao grande filo dos artrópodes. Uma das espécies mais freqüentes nas praias brasileiras é Emerita emerita ou Hippa emerita, que mede cerca de três centímetros de comprimento. O cefalotórax alongado e cilíndrico, com o abdome dobrado sobre si mesmo e muito reduzido em tamanho, é a característica mais notável na anatomia dos tatuís.

Às espécies marinhas correspondem outras, menos conhecidas, de água doce, como Aegla levis. Em muitas regiões do Brasil os tatuís são usados como iscas de pesca e também fazem parte da alimentação, especialmente entre a população mais pobre, ora cozidos com arroz, ora preparados em fritadas de alto valor alimentício, devido principalmente ao cálcio.


Veja também: