Tanino - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Tanino


  Bioquímica
Amplamente distribuídos nas plantas, os taninos formam com a água soluções adstringentes que reagem com os sais de ferro e tomam uma coloração azul-escura ou verde, propriedade usada na fabricação de tintas.
Tanino ou ácido tanínico é o nome genérico de um grupo de derivados do ácido poliidroxibenzóico, que reagem com as proteínas da pele dos animais, curtindo-a. Por essa razão, são utilizados na manufatura e tingimento de artigos de couro. Os taninos são classificados quimicamente em dois grupos principais: os hidrolizáveis e os condensáveis.
Ocorrem principalmente na casca, na madeira e em alguns frutos das plantas. Entre as árvores européias, têm as cascas especialmente ricas em tanino o carvalho, o castanheiro, o abeto e o salgueiro. No Brasil, as principais plantas taninosas são o barbatimão, o angico, o quebracho-vermelho e a acácia-negra.
Emprega-se o tanino também na clarificação do vinho e da cerveja, assim como na redução da viscosidade de lamas de perfuração, utilizadas em poços de petróleo. Na medicina usa-se tanino no tratamento de faringites, de hemorróidas e de erupções cutâneas; a substância é administrada também internamente, para conter hemorragias intestinais e diarréias e como antídoto na intoxicação por metais, alcalóides e glicosídeos, com os quais forma precipitados insolúveis.
{d

Veja também: