Tangerina - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Tangerina


  Frutas Comestíveis
Nativa provavelmente do Sudeste Asiático, a tangerina se dispersou por cultivo em direções variadas: no Japão, no Mediterrâneo e no sul dos Estados Unidos é hoje um dos citros mais plantados.
A tangerina (Citrus reticulata) pertence à família das rutáceas, a mesma da laranja e do limão. É um fruto globoso e cor amarela forte que tem, como a laranja, casca rica em óleo essencial mas que, ao contrário daquela, desprende-se com grande facilidade. É plantada em geral a partir de mudas de enxerto que por volta do terceiro ano na terra começam a dar as primeiras frutas.
Quando não submetida a podas, a tangerineira chega a cinco metros de altura. O plantio, em covas bem adubadas com esterco ou fertilizantes ricos em nitrogênio, fósforo e potássio, é feito em espaçamentos de seis a sete ou oito metros. O esterco é posto no fundo; os fertilizantes, apenas na superfície das covas, para não queimar as raízes.
Entre as variedades mais cultivadas no Brasil, onde a tangerina é chamada também de mexerica, bergamota ou mandarina, estão a ponkan, a cravo, a satsuma e a cleópatra. As variedades murcote, temple, tangerona, kara e kinga são híbridos de tangerina e laranja. No Brasil, a colheita se estende de abril a julho. O tangelo é um híbrido de tangerina e toranja (grape-fruit). O tangor, híbrido de tangerina com laranja-doce (Citrus sinensis). O óleo extraído da casca perfumada da tangerina é um típico ingrediente de licores e aromatizantes. Em cem gramas de polpa da fruta há cerca de cinqüenta miligramas de vitamina C.
a

Veja também: