Taiti - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Taiti


  Geografia Fisica
Chamada a "ilha do sonho" e símbolo dos encantos dos mares do Sul, Taiti teve seu povo, flores tropicais e praias de coral retratadas pelo pintor Paul Gauguin, que ficou fascinado com a beleza natural da região.
Taiti faz parte das ilhas Sociedade, na Polinésia francesa, no sul do oceano Pacífico, e liga-se ao mar alto por canais que atravessam os recifes que a circundam. A ilha tem origem vulcânica e compreende duas porções: a Grande Taiti e Pequena Taiti ou Taiarapu, unidas pelo istmo de Taravao, numa extensão de 1.042km2. O clima é quente e oceânico, com temperatura média anual de 26o C.
A capital, Papeete, situa-se no noroeste da Grande Taiti e tem suas principais atividades dominadas por franceses e chineses. A população taitiana, constituída de polinésios, chineses e europeus, concentra-se nas planícies costeiras, num cinturão de solo fértil entre as montanhas e o litoral.
Os primeiros habitantes que se estabeleceram no Taiti foram provavelmente polinésios oriundos da ilha de Raiatea, centro cultural de difusão das ilhas Sociedade. Organizados em famílias extensas, seus principais chefes exerciam autoridade mediante a crença em sanções sobrenaturais. Esse tipo de sociedade desapareceu sob a influência européia. O primeiro europeu a visitar a ilha foi o navegador inglês Samuel Wallis, em 1767, que reclamou a ilha para a Grã-Bretanha e a chamou ilha King George III.
Missionários da Sociedade Protestante de Londres instalaram-se no Taiti em 1797 e ajudaram uma das famílias, a Pomare, a controlar a região. O rei Pomare II, que governou de 1803 a 1824, converteu-se ao cristianismo e aceitou um código legal de inspiração puritana. Com a ascensão de Pomare III começou a surgir uma reação de taitianos rivais que abalou a manutenção do reino missionário.
A expulsão de dois missionários católicos franceses em 1836, por ordem do rei Pomare IV, gerou a reação francesa, que enviou o comandante Dupetit-Thouars em 1842 para exigir reparação e instalar um protetorado francês na ilha. Em 1880, após a abdicação de Pomare V, o Taiti foi proclamado colônia francesa. A ilha atualmente faz parte da circunscrição das ilhas do Vento, na Polinésia francesa.
A economia do Taiti baseia-se no cultivo de baunilha, que constitui riqueza local, batata-doce, mandioca, milho, café e cana-de-açúcar, além da exploração de coqueirais. A indústria limita-se à preparação da copra, do açúcar e do rum.

Veja também: