Tainha - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Tainha


  Taxonomia
As tainhas estão entre os peixes mais consumidos no Brasil. Ocorrem em alto-mar, mas são comuns sobretudo ao longo da costa. Penetram em rios e lagoas para desovar, e seus alevinos criam-se em águas doces ou salobras, onde passam curtos períodos para alcançarem depois o oceano.
Tainha é o nome de diversos peixes do gênero Mugil, da família dos mugilídeos. Deslocam-se em grandes cardumes que revelam fases migratórias bem definidas e são particularmente abundantes entre o Rio Grande do Norte e o Rio Grande do Sul. A maior espécie é a tainha-de-corso (Mugil brasiliensis ou M. liza), de dorso azul-escuro, flancos prateados e ventre amarelo-pálido, que atinge um metro de comprimento total. Encontrada nas lagoas Mirim e dos Patos, de onde migra no inverno para o oceano, é conhecida também por outros nomes, como tainhota, saúna, lisa e cacetão.
Ligeiramente menor é a curimã (M. platanus), de noventa centímetros de comprimento total, olivácea no dorso, prateada nos flancos e no ventre. De colorido idêntico, mas bem menores, são a tainha-do-olho-preto, parati ou mondego (M. curema), de 42cm, e a tainha-do-olho-amarelo, tamaratana-açu ou selé (M. incilis), de 38cm.

Veja também: