Sequóia - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Sequóia


  Botânica

Nativa da Califórnia e encontrada na costa americana do Pacífico, do sul de Oregon à região de Santa Bárbara, a sequóia está, com os eucaliptos australianos, entre as árvores mais altas do mundo, pois pode ultrapassar cem metros. Por todo o hemisfério norte há vestígios fósseis do gênero, que remontam às vezes ao período jurássico.

Incluída na ordem das coníferas, a mesma dos pinheiros e dos ciprestes, a sequóia (Sequoia sempervirens) pertence à família das taxodiáceas e é chamada em inglês de redwood. Sua casca grossa, com até trinta centímetros de espessura e lanhada por sulcos muito profundos, demonstra especial resistência ao fogo, aos fungos e aos insetos.


O diâmetro do caule, na base, pode chegar aos seis metros. As folhas têm forma de agulhas, com pouco mais de dois centímetros de comprimento máximo.
Numerosas sementes, com baixo índice de germinação, encerram-se em cones de 2,5 a 5cm.


Alguns especialistas incluem no mesmo gênero a sequóia-gigante (Sequoiadendron giganteum), em inglês big tree, nativa das mesmas áreas dos Estados Unidos e famosa por sua longevidade: pelo estudo comparativo do lenho de árvores derrubadas, admite-se a existência de espécimes com cerca de quatro mil anos. Nessa espécie, o diâmetro do caule chega a mais de oito metros. O nome do gênero foi dado em homenagem ao cheroqui Sequoya, índio que desenvolveu o primeiro alfabeto usado por sua tribo.


Veja também: