Sadi Carnot - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Sadi Carnot


  Biografias

Embora básica para o progresso da termodinâmica, a obra de Carnot permaneceu ignorada por seus contemporâneos durante cerca de dez anos, quando Émile Clapeyron a divulgou no Journal de l"École Polytechnique (Jornal da Escola Politécnica).
Físico francês, Nicolas Léonard Sadi Carnot nasceu em Paris em 1º de junho de 1796, filho do matemático Lazare Carnot. Estudou na Escola Politécnica e, em 1827, assumiu o posto de capitão de engenharia no Exército francês. Deixou-o no ano seguinte, para dedicar-se às pesquisas científicas. Em 1824 publicou sua famosa tese Réflexions sur la puissance motrice du feu et sur les machines propres à développer cette puissance (Reflexões sobre a potência motriz do fogo e sobre as máquinas apropriadas ao desenvolvimento dessa potência), na qual estabeleceu as características ideais de uma máquina térmica, que funciona num ciclo térmico particular, conhecido como ciclo de Carnot.
A máquina térmica de Carnot é composta de uma fonte de calor, mantida à temperatura constante T1, destinada a fornecer as calorias de que o motor necessita para seu trabalho; de uma fonte de frio, também à temperatura constante T2 (T2 < T1), cuja função é retirar da máquina as calorias remanescentes de cada ciclo que não foram transformadas em trabalho; e do fluido, colocado no interior de um cilindro, que se comprime e se distende, impulsionando um êmbolo. O ciclo de Carnot, que é reversível, desenvolve-se em quatro fases, duas isotérmicas (primeira e terceira), a temperatura constante, e duas adiabáticas (segunda e quarta), a pressão constante. Carnot morreu, vitimado pela cólera, a 24 de agosto de 1832, em Paris.

 

Veja também: