Rio Vístula - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Rio Vístula


  Geografia Fisica

Grande via fluvial polonesa, o Vístula desempenha importante papel na ligação do centro da indústria de base da Silésia com os portos bálticos e com a rede de rios e canais do leste europeu.

O rio Vístula, com 1.047km de extensão, nasce no sul da Polônia, nos montes Beskids, perto da fronteira eslovaca. Corre no sentido leste, banha Cracóvia e recebe as águas do San. Infletindo para norte, atravessa Varsóvia e recebe, pela margem direita, à jusante da capital polonesa, o Bug.

Pela margem direita, recebe ainda o Wieprz, o Wistoka e o Dunajec; pela esquerda, o Nida, o Pilica, o Brda e o Wierzyca. Depois de Bydgoszcz, numa brusca guinada, segue para norte e desemboca no golfo de Gdansk, onde forma um fértil delta. A bacia do Vístula cobre uma superfície de 194.424km², quatro quintos em solo polonês.

Variações climáticas na bacia do Vístula causam marcantes oscilações na caudal do rio. Suas águas geralmente congelam em janeiro e fevereiro e produzem grandes enchentes ao degelarem na primavera. Os obstáculos à navegação causados pelo congelamento e as secas outonais foram em grande parte eliminados na segunda metade do século XX. O Vístula se interliga a leste, através do canal Dnieper-Bug, com os sistemas fluviais da Bielorrússia, Ucrânia e Rússia.


Veja também: