Rio Tietê - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Rio Tietê


  Geografia Fisica
Chamado Anhembi pelos nativos da região que hoje corresponde ao estado de São Paulo, o Tietê tem grande importância histórica pelo papel que seu curso desempenhou nas bandeiras que partiram de São Paulo para desbravar o interior do Brasil, assim como por possibilitar a fundação de cidades nas proximidades de suas margens.
O rio Tietê nasce nas elevações de Morro da Barra, município de Salesópolis SP, na vertente oeste da serra do Mar. Atravessa todo o estado, dividindo-o ao meio, para desaguar no rio Paraná, junto à ilha Grande, cerca de 12km abaixo do salto de Urubupungá, depois de percorrer 1.130km. Banha, entre outras, as cidades de Moji das Cruzes, Porto Feliz, Tietê, Itu, Bariri e São Paulo. Os principais afluentes do Tietê são o Sorocaba e o Piracicaba. Reunidos, os caudais dos três rios produzem a maior parte da energia consumida pelo estado de São Paulo, gerada nas hidrelétricas de Cubatão, Barra Bonita, Avanhandava, Rasgão, Salto do Avanhandava e Porto Góis.
O processo de purificação das águas do Tietê, considerado o mais poluído do Brasil, foi iniciado em 1991 com o objetivo de melhorar a qualidade da água que abastece a capital paulista e cidades adjacentes. Dois anos depois, o Banco Interamericano de Desenvolvimento dispôs-se a colaborar mediante a concessão de um empréstimo. A primeira etapa do projeto incluía a construção de duas estações de tratamento de água e a ampliação de uma estação já existente, com a elevação de 19% para 45% da proporção de esgotos tratados na região metropolitana de São Paulo. Em 1994, o Brasil firmou com o Japão um acordo para a despoluição do Tietê.
Hidrovia Tietê-Paraná. Obstáculos naturais à navegabilidade do rio Tietê foram superados com a construção da hidrovia Tietê-Paraná. Nas barragens de Barra Bonita, Bariri e Ibitinga, entraram em operação as primeiras eclusas, em 1982, com o que se inauguraram os primeiros 273km de via navegável. Em 1995 foi concluído o canal de Pereira Barreto e entraram em operação as eclusas de Promissão e Nova Avanhandava, tornando navegável a extensão completa do Tietê. A conclusão do projeto elevaria a extensão da hidrovia Tietê-Paraná para 2.400km, pelo que ela se tornaria uma via de transporte privilegiada para as transações comerciais do Mercosul.st

Veja também: