Rio Loire - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Rio Loire


  Geografia Fisica

Uma das mais belas paisagens francesas, a planÝcie banhada pelo rio Loire atrai atenþÒo por seus vinhedos e castelos hist¾ricos, entre eles os de Blois, Chambord e Chenonceaux.
Rio mais extenso da Franþa, o Loire atravessa a regiÒo central do paÝs, num percurso de 1.020km. Sua bacia, de 117.000km2, tem clima marÝtimo temperado, com precipitaþ§es abundantes que, nas montanhas do alto de seu curso, tomam a forma de neve. O caudal Ú irregular, e as cheias podem ocorrer em qualquer Úpoca do ano, embora sejam normais em julho e agosto.
A nascente do Loire situa-se na regiÒo meridional do maciþo Central francÛs, no sopÚ do Gerbier-de-Jonc, nos CÚvennes, a uma altitude de 1.370m. Em seu curso alto, o rio percorre o maciþo Central no sentido sul-norte, por estreitos desfiladeiros. Ao deixar o planalto, recebe as ßguas do Allier, seu principal afluente. Em seguida, percorre os terrenos calcßrios de Berry, onde seu leito se estreita, faz uma ampla curva no sul da bacia de Paris, em torno da cidade de OrlÚans, e segue para oeste. O rio entÒo se alarga e recebe outros afluentes, entre eles o Cher, o Indre e o Vienne. Depois de banhar as cidades de Blois, Tours, Angers e Nantes, abre-se num prolongado estußrio que termina no oceano AtlÔntico.
A partir do sÚculo XIV, o vale do Loire desenvolveu intensa atividade agrÝcola, estimulada pela demanda da corte francesa. No sÚculo XVIII, a regiÒo conheceu seu momento de maior prosperidade, tanto na agricultura quanto no trßfego fluvial, que se intensificou com a construþÒo de canais que ligam o Loire ao Sena. Posteriormente, reduziu-se a importÔncia econ¶mica do vale do Loire, transformado em regiÒo rural e cujo desenvolvimento industrial se limitou Ós ßreas de Saint-╔tienne, Blois e Nantes.

Veja também: