Rio Lena - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Rio Lena


  Geografia Fisica

Maior rio da Sibéria e um dos mais extensos do mundo, o Lena possui um vale rico em recursos minerais, cuja exploração foi retardada em virtude do frio intenso na região e da distância com relação aos principais centros econômicos.

O rio Lena mede 4.400km de extensão desde a nascente, na vertente ocidental dos montes Baikal, até a foz, no mar de Laptev, no oceano Ártico. Sua bacia ocupa uma superfície de 2.490.000km2 e seu regime é tipicamente niveal (as águas provêm do degelo das neves). No alto curso, o Lena corre primeiro no sentido oeste, até Kachuga, depois para o norte, até Ust-Kut -- limite da navegação permanente -- e finalmente para o nordeste. O Kirenga, o Vitim e o Oliokma são seus principais afluentes nesse trecho. No médio curso, o Lena corre numa fossa tectônica com largura entre 3.200 e 4.000m de largura. No baixo curso, o rio segue para norte, em Yakutsk, e recebe a água dos rios Aldan e Viliui.

O vale se alarga numa extensa planície aluvial que forma um arco em torno dos montes Verkhoiansk ao sul e a oeste. A partir de Bulun, o vale volta a estreitar-se até formar um grande delta na desembocadura do rio. As águas do Lena permanecem congeladas durante muitos meses do ano, mas mesmo assim o rio, parcialmente navegável, constitui a única via de transporte em sua bacia. Na primavera, o degelo provoca graves inundações.


Veja também: