Rio Ebro - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Rio Ebro


  Geografia Fisica
Citado por Plínio o Velho, no século I, o Ebro (Iberus) é, depois do Tejo, o maior rio da península ibérica, em extensão e volume d"água.
Com 910km de extensão, o Ebro nasce perto de Reinosa, na cordilheira Cantábrica, atravessa um grande trecho montanhoso e, a partir da região vinícola de La Rioja, forma um vale muito largo e só se torna navegável nos últimos 15 quilômetros. Seus afluentes mais importantes procedem da vertente pirenaica: Aragão, Arga, Gallego, Segre e Cinca; do sistema ibérico recebe afluentes menos caudalosos. O delta que se forma a sua desembocadura, no Mediterrâneo, adentra pelo mar cerca de trinta quilômetros.
O volume de água do Ebro é irregular. Seu regime é pluvionival -- águas de chuva e neve -- na cabeceira e na zona setentrional da bacia, onde recebe os afluentes do Pireneu central; o restante da bacia é pluvial, sujeito a grandes estiagens no verão, devido à aridez do clima e à intensa evaporação. O Ebro alimenta diversos canais de irrigação, que fertilizam as áridas terras por que passa. Além disso, proporciona energia elétrica em abundância, por meio de numerosas represas.

Veja também: