Rio Don - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Rio Don


  Geografia Fisica
Através do Don e do sistema de canais que o ligam a outros rios, pode-se viajar por via fluvial do mar Negro ao Cáspio, ao Báltico e ao oceano Glacial Ártico.
O Don é o terceiro rio em extensão da Rússia, com 1.870km. Sua bacia ocupa uma área de 422.000km2. Nasce no lago Ivan, na planície central russa, junto a Novomoskovsk, a menos de 200km ao sul de Moscou. Até a cidade de Korotoiak segue na direção norte-sul, mas depois se desvia para leste e, mais adiante, para oeste. Desemboca formando um delta no golfo de Taganrog, no mar de Azov.
Entre os numerosos afluentes do Don destacam-se o Krasivaia, o Sosna, o Chir, o Donets e o Voronej. Seu regime é nivopluvial -- de neve e chuva -- e o caudal médio atinge cerca de mil metros cúbicos por segundo. As cheias ocorrem na primavera, devido ao degelo.
Depois da segunda guerra mundial foram realizadas diversas obras destinadas a melhorar o aproveitamento econômico do rio. Para regularizar o curso e obter energia hidrelétrica, construiu-se a represa de Tsimlianskaia, na cidade de mesmo nome. Na parte setentrional desse gigantesco reservatório (280km de comprimento e 42km de largura máxima) abriu-se, em 1952, um canal de 102km que ligou o Don ao Volga, na altura de Volgogrado. O rio banha um bom número de cidades, como Dankov, Zadonsk, Nov, Serafimovitch, Kalach, Tsimlianskaia e Rostov.
O Don é navegável até um ponto situado a cerca de 400km da foz, exceto nos meses de dezembro e janeiro, quando permanece gelado. Ao longo de seu percurso se transportam grãos, madeira e materiais de construção. A pesca é abundante e nas margens do rio existem indústrias destinadas à preparação do pescado e à elaboração do caviar.

Veja também: