Rio Dniester - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Rio Dniester


  Geografia Fisica

Conhecido pelos gregos como Tyras e pelos romanos como Danastris, o Dniester é o segundo rio da Ucrânia em extensão, com 1.350km. Sua bacia abrange uma área de 72.000km².

O Dniester nasce na vertente setentrional da  cordilheira dos Cárpatos, junto a Borislav, perto da fronteira entre a Ucrânia e a Polônia. Deixando a cordilheira centro-europeia, o rio segue encaixado no pequeno planalto moldávio de Volinia-Podolia, formando numerosos meandros. Depois de passar por Soroki, penetra nas planícies deprimidas do sul da Ucrânia e deságua no mar Negro, perto de Odessa, num longo e estreito estuário que se comunica com o mar por dois braços, um dos quais navegável.

Embora o Dniester tenha grande número de afluentes, somente 15 deles superam os cem quilômetros de extensão. Destacam-se o Stripa, o Seret, o Reut, o Bistrica, o Zolotaia e o Botna. O regime fluvial apresenta cheias de primavera, devido ao degelo e às chuvas torrenciais, e estiagens durante o verão e o inverno.

A bacia do Dniester é densamente povoada, mas não há cidades importantes ao longo de seu percurso. Os centros urbanos de Ternopol, Stanislav e Kishiniov situam-se nas margens de alguns de seus afluentes.   Navegável ao longo de 1.225km, o rio apresenta tráfego intenso de passageiros e de carga. É importante o transporte de madeira, desde os Cárpatos até o mar Negro. No trecho final do rio,  bancos de areia, que ocupam boa parte da desembocadura, dificultam a navegação. A pesca é pouco significativa, exceto nas regiões de planícies, perto da costa, onde se encontram viveiros de esturjão, peixe produtor da matéria-prima do caviar.



Veja também:




Copyright © 1999 - 2021 - Development by Dolci Tecnologia. Todos os direitos reservados