Queixada - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Queixada


  Zoologia
Duas facetas do queixada justificam seu nome: a mancha branca que tem em torno da boca, que parece adornar-lhe o queixo, e seu hábito de, quando acuado, chocalhar os dentes como se estivesse nervoso. Às vezes, nessa situação, o nervosismo aparente converte-se em fúria e o animal torna-se agressivo para defender-se de quem o ataca ou incomoda.
Chamado também de pecari, taiaçu, tiririca ou queixada-ruiva, o queixada (Tayassu pecari) é a maior das duas espécies do único gênero de taiaçuídeos -- a família dos porcos-do-mato do Novo Mundo -- que ocorre no Brasil. Mamífero artiodáctilo, distingue-se do porco doméstico e de outros suídeos por apresentar quatro dedos nas patas anteriores e apenas três nas posteriores.
O queixada mede mais de um metro de comprimento e até quarenta centímetros de altura. Além de ser maior, costuma ter o pêlo pardo um pouco mais escuro que o do outro porco-do-mato que compõe seu gênero, o caititu ou cateto (Tayassu tajacu), que se distingue pelo colar de pêlos brancos que lhe cinge o pescoço. Tanto o queixada quanto o caititu, que ocorrem do Texas, nos Estados Unidos, à Patagônia argentina, têm no dorso uma glândula que destila forte catinga em situações de perigo. Ambos têm hábitos sociais marcados e se deslocam em grandes bandos ou varas, que podem conter de cinqüenta a cem animais. Mais freqüente em matas fechadas, o queixada se alimenta de plantas, pequenos animais e carniça. As ninhadas consistem em geral de dois filhotes, que nascem após um período de gestação de cinco meses.

Veja também: