Pororoca - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Pororoca


  Geografia Fisica

Nos períodos de maré viva, ou sizígia, nas fases de lua cheia, uma grande onda oceânica causa estragos em embarcações e na vegetação ribeirinha ao invadir o estuário de um grande rio: é a pororoca, que tem seu nome derivado do termo poroc-poroc, que significa destruidor, em dialeto indígena do baixo Amazonas.

Pororoca é o fenômeno produzido pelo encontro das correntes de maré com as correntes fluviais, em geral em desembocaduras e baías onde existe grande variação entre as marés alta e baixa. O fenômeno ocorre quando as águas da maré crescente procuram invadir o estuário, enquanto a isso se opõe, com grande resistência, a massa fluvial. Como a água doce é mais leve, estende-se inicialmente a grande distância pelo mar e atrasa a "onda de maré". Em determinado momento o mar vence, rompendo o equilíbrio: alimentada pelos ventos alísios, cresce a gigantesca onda de maré, que avança pelo rio, cuja correnteza fica invertida.

Precedida de grande estrondo, a onda sobe rio acima e varre as margens ao longo de quilômetros. O fenômeno tem maiores proporções no rio Amazonas, mas ocorre também em muitos rios da região amazônica e em outros continentes, onde recebe várias denominações, como mascaret, no Sena, e bore, no Ganges.



Veja também:




Copyright © 1999 - 2021 - Development by Dolci Tecnologia. Todos os direitos reservados