Piolho - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Piolho


  Artrópodes
Transmissores de agentes patogênicos, os piolhos podem ser evitados mediante higiene corporal constante, especialmente do couro cabeludo e outras áreas pilosas.
Piolho é o nome comum a insetos parasitos de duas ordens distintas, que têm em comum a ausência de asas: a dos anopluros, ou piolhos sugadores, que afetam sobretudo os mamíferos; e a dos malófagos ou mastigadores, que infestam mamíferos e aves. Alguns insetos homópteros que parasitam plantas, como o piolho-dos-vegetais (cochonilha), são impropriamente chamados de piolhos.
Os anopluros, sugadores de sangue e muito especializados, dispõem de órgãos inexistentes nas demais ordens de insetos e perfeitamente adaptados ao meio em que vivem. As fêmeas põem os ovos, ou lêndeas, nos pêlos e os prendem com uma gotícula de cimento. Na extremidade livre do ovo, abre-se um pérculo para dar saída à larva, então já muito semelhante ao adulto. Entre os anopluros que parasitam o homem conta-se o Pediculus humanus, ou piolho-do-homem, com duas subespécies: o P. h. capitis, ou piolho-da-cabeça, e o P. h. corporis, piolho-do-corpo ou muquirana.
As duas formas transmitem o tifo exantemático, a febre das trincheiras e a febre recorrente cosmopolita. O P. humanus é hematófago, isto é, alimenta-se exclusivamente de sangue. De corpo muito esclerosado, possui garras e unhas fortes com as quais se fixa na pele ou nos pêlos e provoca, assim, irritação e coceira. O chato (Phthirus pubis), parasito da região pubiana do homem, vive eventualmente nas axilas ou nas sobrancelhas. Existem mais de 200 espécies conhecidas de anopluros, que parasitam animais domésticos como boi, cavalo, porco, cão, cabra, carneiro e coelho.
Os piolhos malófagos compreendem cerca de três mil espécies que normalmente não causam dano ao hospedeiro, mas podem irritá-lo quando em grande número. Os malófagos das aves, conhecidos como piolhos-de-galinha, se nutrem de penas e do sangue obtido da raiz da pena em desenvolvimento. Os malófagos dos mamíferos alimentam-se das secreções da pele e da descamação epitelial. Parasitos de alta especificidade, cada espécie tem como hospedeiro apenas uma espécie ou grupo de espécies afins.
><

Veja também: