Paulo Freire - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Paulo Freire


  Biografias
As campanhas de erradicação do analfabetismo, levadas a cabo no Brasil durante as décadas de 1950 e 1960, tiveram como fundamento o método criado por Paulo Freire, que se baseava no estabelecimento de um campo centrado em idéias de interesse social e político, mediante o ensino de um núcleo lexicográfico integrado por um reduzido número de palavras.
Paulo Reglus Neves Freire nasceu em Recife PE em 19 de setembro de 1921. Bacharel em direito, dirigiu o Serviço de Extensão Universitária da Universidade Federal de Pernambuco e participou da fundação de círculos populares de cultura por todo o Brasil. Sua atividade como educador levou-o à criação, em 1961, do chamado "movimento de educação de base", sob o patrocínio do bispo D. Hélder Câmara, ao mesmo tempo em que tomava forma o método Paulo Freire de alfabetização.
O educador, que se preparava para a fundação de novos círculos de cultura, com os quais pretendia desenvolver uma campanha de alfabetização em grande escala e em curto espaço de tempo, foi preso em 1964, quando os militares assumiram o poder. Posto em liberdade, foi primeiro para o Chile e logo radicou-se em Genebra, na Suíça. Em 1968 foi consultor da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) e, desde 1970, consultor especial do setor de educação do Conselho Mundial de Igrejas. Posteriormente, no México, trabalhou no Centro Internacional de Documentação (CIDOC), em Cuernavaca, onde contou com a colaboração de outro famoso contestador do sistema educacional da época, Ivan Ilich. Voltou para o Brasil em 1980.
O pensamento de Freire está contido em diversas obras, entre as quais cabe mencionar Pedagogia do oprimido (1969). Suas teses básicas sustentam que o pedagogo deve cuidar de libertar o homem das alienações a que a consciência dominadora o submete. Em tal contexto entende-se o conceito de conscientização. O primeiro passo nessa direção é a alfabetização, entendida como aproximação crítica da realidade por meio da linguagem, "ato criador capaz de gerar outros atos criadores". As palavras usadas no método Freire são ditadas pela realidade do alfabetizando, como, por exemplo, enxada para o lavrador ou torno para o operário. A educação preconizada por Freire é, ao contrário da idéia de "educação para a domesticação", uma educação "para a libertação", ato de conhecimento e meio de transformação da realidade. Paulo Freire morreu em São Paulo sp em 2 de maio de 1997.
{

Veja também: