Ouriço-do-mar - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Ouriço-do-mar


  Invertebrados

Dotado de carapaça e protegido por espinhos longos e venenosos, o ouriço-do-mar percorre regiões próximas ao litoral, nutre-se principalmente de algas e se enterra nos fundos arenosos para fugir de predadores.
Ouriço-do-mar é um invertebrado pertencente à classe dos equinóides, filo dos equinodermos, o mesmo das estrelas-do-mar e das holotúrias. Caracteriza-se pelo esqueleto calcário, que se situa logo abaixo da pele e é formado de uma série de placas unidas entre si sem fissuras. Apresenta, além dessas, outras formações bem típicas, as pedicelárias, pequenas pinças usadas para afastar da superfície do corpo os organismos estranhos que aí se fixem.
Os ouriços regulares, que constituem a maioria, têm corpo esférico e de cores variadas -- branca, preta, marrom ou lilás-esverdeada. Os ouriços irregulares, revestidos de espinhos muito pequenos, são mais ou menos ovais e achatados. As placas da carapaça, dispostas em fileiras, vão de um ao outro pólo do corpo e configuram dez meridianos: cinco sem perfuração e cinco com orifícios pelos quais passa uma série de tubos -- os pés ambulacrários. Estes se ligam a canais internos cheios de água que ao ser injetada faz com que os pés se estendam e permitam o deslocamento do animal ou sua fixação a um suporte.
Seu alimento básico são as algas, mas os ouriços-do-mar também se nutrem de materiais orgânicos, plantas e animais, vivos ou mortos. O aparelho mastigador típico, a lanterna-de-aristóteles, compõe-se de cinco placas calcárias cujas bases se embutem no corpo e cujos ápices se projetam para a face ventral, onde as pontas dos dentes ficam em relevo.  Tais placas são acionadas por músculos que as movimentam para dentro e para fora da carapaça, enquanto outros músculos controlam a ação dos dentes. Os ouriços irregulares alimentam-se de partículas muito pequenas e não têm lanterna-de-aristóteles.
Os sexos são separados. O aparelho reprodutor é simples e a fecundação é externa: esperma e óvulos são lançados ao mar por contração da musculatura das gônadas, e a fecundação processa-se dentro da água. Há cerca de 700 espécies de ouriços-do-mar em todo o mundo. Entre as muitas que ocorrem no Brasil, estão as dos gêneros Eucidaris, Echinometra e Lytechinus.

  s

Veja também: