Orson Welles - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Orson Welles


  Biografias
Já em Cidadão Kane, primeiro filme de Orson Welles, percebe-se a matriz de toda a estética do cineasta, cujas realizações se caracterizaram por intensa pesquisa formal, agudo senso de plasticidade e respeito ao expressionismo alemão.
George Orson Welles nasceu em 6 de maio de 1915 em Kenosha, Wisconsin, Estados Unidos. Aos 11 anos já dera a volta ao mundo duas vezes e, por intermédio do pai, industrial morto em 1928, conheceu artistas e desportistas famosos. Estudou arte em Chicago e trabalhou como jornalista antes de estrear no palco em Dublin, Irlanda, em 1931, interpretando Hamlet. Em 1936 dirigiu uma versão de Macbeth, somente com atores negros, para o Negro People"s Theatre. No ano seguinte formou o Mercury Theatre e apresentou uma versão de Júlio César, de Shakespeare, com figurinos modernos. Radialista a partir de 1934, Welles começou a produzir em 1938, com o grupo do Mercury, peças de radioteatro adaptadas de romances famosos.
A fama nacional veio com o programa de 30 de outubro de 1938, que, baseado em War of the Worlds (Guerra dos mundos) de H. G. Wells, usou o formato de um noticiário simulado no qual era anunciado um ataque a New Jersey por invasores de Marte. Não percebendo tratar-se de uma encenação, milhares de ouvintes saíram às ruas em pânico. Em 1940, Welles escreveu, dirigiu, produziu e atuou em Citizen Kane (1941; Cidadão Kane), crítica severa ao estilo de vida americano e um dos filmes mais influentes da história do cinema. Essa biografia disfarçada do empresário William Randolph Hearst, cujos jornais tentaram banir a película, empregava uma técnica expressiva que lembrava a do expressionismo alemão.
Seguiram-se os sucessos de The Magnificent Ambersons (1942; Soberba), versão de um romance de Newton Booth Tarkington, The Stranger (1946; O estrangeiro), The Lady from Shanghai (1948; A dama de Xangai) e uma versão revolucionária de Macbeth (1948). Welles viveu então vários anos na Europa, onde produziu, dirigiu e atuou em Othello (1952), Le Procès (1962; O processo) e Falstaff (1966), e encenou peças de Shakespeare. Voltou aos Estados Unidos para dirigir e atuar em Touch of Evil (1958; A marca da maldade). Orson Welles morreu em Los Angeles em 10 de outubro de 1985.

Veja também: