O Bioma dos Pampas - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

O Bioma dos Pampas


  Meio Ambiente

Os Pampas fazem parte dos sete biomas brasileiros. Eles abrangem parte do território do Rio Grande do Sul e se estendem ainda pelas terras do Uruguai e Argentina.

Esse bioma, cujo nome significa região plana no dialeto indígena que lhe deu origem, é também chamado de Campos Sulinos. Seu relevo é formado, além de planícies, de campos mais altos e até mesmo áreas semelhantes a savanas.

Em suas áreas planas, localizadas ao sul do Rio Grande do Sul, existe uma vegetação campestre, semelhante a um imenso tapete verde. Nelas a vegetação é considerada rala e pobre em espécies. Já nas áreas mais altas a vegetação se torna mais rica. Nas encostas de planaltos, existem matas com grandes pinheiros e outras árvores, como a cabreúva, a grápia, a caroba, o angico-vermelho e o cedro. Nessas regiões, chamadas de campos altos, é encontrada a Mata de Araucária, cuja espécie vegetal predominante é o pinheiro-do-paraná.

Com temperaturas que podem chegar a 35° no verão e tornarem-se negativas no inverno, os pampas abrigam também espécies animais como o gato-do-pampa e a coruja-buraqueira.

O bioma dos Pampas possui solo fértil, existindo áreas ainda mais férteis com solos do tipo “terra roxa” nas regiões planas. Dentre os seus rios mais importantes destacam-se o Santa Maria, o Uruguai, o Jacuí, o Ibicuí e o Vacacaí. Esse e os demais se dividem em duas bacias hidrográficas: a Costeira do Sul e a do rio da Prata.


Veja também: