Nova Caledônia - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Nova Caledônia


  Geografia Fisica
Rica em recursos minerais, a Nova Caledônia tem sua pequena população dividida em dois grupos: o dos que querem a independência de seu território e o dos que preferem a manutenção dos vínculos com a França.
Conhece-se como Nova Caledônia um conjunto de ilhas que faz parte do arquipélago melanésio e se localiza no sudoeste do oceano Pacífico, entre a Austrália e as ilhas Fidji. Do ponto de vista administrativo, é um território francês de ultramar e compreende, além da ilha da Nova Caledônia, as ilhas Pins, Loyalty, Bélep, Walpole, Surprise, Chesterfield e Huon, que em conjunto ocupam uma superfície de 18.576km2.
A maior parte do território pertence à ilha da Nova Caledônia. Seu relevo é abrupto e as ilhas são circundadas por um cinturão de recifes de coral que dificultam o acesso à terra firme. A latitude determina um clima tropical quente e muito úmido, com violentos ciclones ocasionais que assolam o litoral. A vegetação é a de floresta tropical, de coqueiros, cipós e epífitas em densas formações.
A população constitui-se de grande variedade de tipos raciais, com escassa miscigenação. O grupo mais numeroso é o dos canacas, melanésios que conservam a cultura e o modo de vida tradicionais. Segue-se o grupo de brancos europeus, em sua grande maioria franceses, que controlam a vida política e econômica. Finalmente, em proporções variáveis, encontram-se vietnamitas, indonésios e polinésios, imigrados como mão-de-obra para a mineração. A metade da população se concentra na capital, Nouméa.
A agricultura tradicional e de subsistência ocupa posição muito modesta na economia da ilha. O principal recurso do arquipélago é a mineração. São abundantes ferro, chumbo, cobalto, magnésio e, sobretudo, níquel. Processado na própria ilha da Nova Caledônia, que conta com dois grandes complexos metalúrgicos, o níquel representa quase cem por cento do valor total das exportações. Nouméa é o centro comercial e industrial do arquipélago. Seu porto, por onde escoa a produção de níquel, constitui o principal meio de comunicação com o exterior.
A Nova Caledônia foi descoberta em 1774 pelo britânico James Cook, mas os franceses anexaram o território em 1853. Após a segunda guerra mundial, as ilhas passaram à condição de território de ultramar. De acordo com as reformas administrativas aprovadas no plebiscito de 1988, o território foi dividido em três províncias, cada uma delas governada por uma assembléia eleita por voto direto. Os membros das três assembléias provinciais formam o Congresso Territorial. Os eleitores da Nova Caledônia escolhem ainda dois deputados à Assembléia Nacional francesa e um representante para o Senado. O governo francês se faz representar por um Alto Comissionado e controla as relações exteriores, a defesa, a justiça, as finanças, o comércio exterior e a educação de nível secundário.

Veja também: