Mohamed Ali - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Mohamed Ali


  Biografias
Fundador do moderno estado egípcio, Mohamed Ali lutou contra o exército francês de Napoleão, conquistou o Cairo, estendeu seu poder pelo Mediterrâneo e chegou a enfrentar o próprio império otomano.
De origem possivelmente albanesa, Mohamed Ali ou Mehmet Ali nasceu em Cavalla, na Macedônia, em 1769. Enviado ao Egito à frente de uma força otomana, combateu os franceses e fez-se reconhecer paxá do país pelo sultão turco. Para consolidar seu poder, empenhou-se na tarefa de controle e reorganização da sociedade egípcia, mas sempre governou dentro dos princípios otomanos. Continuou as reformas iniciadas por Napoleão, eliminou a oligarquia dos mamelucos e submeteu a classe sacerdotal, além dos comerciantes, artesãos, beduínos e camponeses rebeldes.
Em 1825 enviou seu filho no comando de uma frota contra a insurreição dos gregos. Vencidos em Navarino, os egípcios tiveram que se retirar, mas conseguiram conservar Creta até 1840. As disputas com o governo otomano sobre a posse de Acre (atual Akko) motivaram uma expedição egípcia contra Istambul. Pela Paz de Kütahya (1833), Mohamed Ali assegurou o governo da Síria e de Áden. As hostilidades, porém, se renovaram em 1839. Os turcos foram vencidos em Nizip mas o auxílio das potências européias e o bombardeio de Acre e Beirute por forças britânicas fizeram com que Mohamed Ali firmasse em 1840 o Tratado de Londres, pelo qual renunciava à Síria, Áden e Creta em troca do vice-reinado hereditário do Egito, embora sob soberania turca. As reformas que implantou na administração, agricultura, indústria, comércio e exército lançaram as bases do moderno estado egípcio. Mohamed Ali morreu em Alexandria, Egito, em 2 de agosto de 1849.

Veja também: