Modelo do Sistema Genital Feminino - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Modelo do Sistema Genital Feminino


  Reproduçao

Aparelho genital feminino
A morfologia, estudo da forma e estrutura do corpo humano, atravessou vßrios momentos durante o seu desenvolvimento. Desde a origem da humanidade o homem se interessa em conhecer tanto os seres que o cercam como a si mesmo, os gregos preocuparam-se com a origem dos seres vivos e com a zoologia e botÔnica descritivas, sendo seus mais importantes bi¾logos Anaximandros, Arist¾teles e seu discÝpulo Teofrastos.

 

 

A Medicina Ocidental tal qual a conhecemos, de carßter estritamente tÚcnico-cientÝfico Ú uma heranþa da GrÚcia Antiga. O pr¾prio sÝmbolo da Medicina, ainda hoje utilizado, Ú de origem grega. Dentre os povos antigos que desenvolveram conhecimentos acerca do homem, destacou-se o povo grego, naquela Úpoca os gregos, os egÝpcios e os mesopotÔmios, acreditavam que as doenþas eram provocadas pelos deuses e a cura era uma intervenþÒo divina. Por volta da metade do sÚculo os mÚdicos gregos jß haviam desenvolvido teorias para explicar o funcionamento do corpo humano e o mecanismo das doenþas. Os princÝpios de higiene, alimentaþÒo e exercÝcios que utilizavam no tratamento dos doentes, entretanto, em grande parte sÒo vßlidos atÚ o presente. Com o tempo apuraram-se os conhecimentos bßsicos de anatomia, fisiologia e embriologia, em grande parte graþas a nÒo-mÚdicos como os fil¾sofos Arist¾teles e seu discÝpulo Teofrastos.

 Ainda na GrÚcia antiga, no tempo de Hip¾crates (460 a .C.), a palavra anatomia (a ó n a t o m h ó ) significava dissecþÒo, sendo formada, de t o m h ó , corte, mais o prefixo a ó n a ó atravÚs de. Mesmo hoje, a anatomia aparece na mente de todos profundamente relacionada Ó dissecþÒo, porÚm esta definiþÒo deve incluir todo conhecimento relacionado com as estruturas dos seres vivos. Com o passar do tempo e o avanþo da civilizaþÒo o homem passou a preocupar-se cada vez mais com os aspectos dos ¾rgÒos e estruturas que os constituÝam, tentando sempre descobrir um pouco mais. Mais adiante a morfologia foi incluÝda no currÝculo de algumas universidades e de lß para cß passou por diversas mudanþas nas suas abordagens, devido Ós tecnologias disponÝveis.

A invenþÒo do microsc¾pio tornou possÝvel a visualizaþÒo de estruturas impossÝveis de serem vistas a olho nu e isso trouxe consigo mudanþas na compreensÒo do corpo humano. Na atualidade, com a informßtica Ú possÝvel observar estruturas impossÝveis de serem vistas usando os meios tradicionais, e ainda contar com a associaþÒo de textos, imagens e sons. A utilizaþÒo de imagens torna-se cada vez mais fascinante com a informßtica, figuras e fotos com movimento e em vßrias dimens§es facilitam a compreensÒo. A anatomia, estudo do corpo humano, Ú estudada desde as primeiras sÚries escolares, onde a crianþa comeþa a descobrir a formaþÒo do corpo, em geral sÒo usados desenhos que representam o Corpo Humano.

A cada sÚrie Ú adicionado um pouco mais sobre o conhecimento do corpo, alÚm da divisÒo do corpo humano, os alunos comeþam a estudar os sistemas que fazem parte dele e depois os ¾rgÒos que comp§em os sistemas. A tecnologia auxilia tornando este aprendizado cada vez mais eficaz e mais pr¾ximo da realidade, atravÚs de modelos do corpo humano que sÒo rÚplicas do real, porÚm este tipo de material ainda nÒo estß disponÝvel para todos devido ao seu alto custo. Uma forma de minimizar este problema Ú a criaþÒo de modelos com material reciclßvel e/ou de baixo custo, favorecendo assim a um grande n·mero de estudantes. Dentro da disciplina de Anatomia Humana 1 do Curso de Licenciatura em Biologia, que Ú um curso formador de Professores de CiÛncias e Biologia para o 1║ e 2║ graus, os alunos criam modelos dos diversos sistemas com o objetivo de facilitar o aprendizado dos estudantes de 1║ grau de escolas p·blicas. No segundo semestre letivo de 1998 foram realizados alguns trabalhos sobre o Sistema Genital Feminino, nestes foram formulados roteiros com instruþ§es de preparo do modelo a ser montado e um exemplar do modelo, tudo isto com base no conhecimento adquirido na disciplina e tentando reproduzir as peþas reais. Para entender melhor os roteiros Ú preciso conhecer um pouco do Sistema.

 O sistema Genital Feminino Ú formado por ¾rgÒos internos (representados nos trabalhos) e externos, o ·tero, as trompas ou tubas uterinas, os ovßrios e a vagina fazem parte do conjunto de ¾rgÒos internos, enquanto que o conjunto das estruturas externas recebe o nome de vulva. Os ovßrios sÒo responsßveis pela produþÒo dos ¾vulos e de alguns horm¶nios, o ·tero Ú a sede da gestaþÒo, as trompas servem de caminho para os ¾vulos e para os espermatoz¾ides, sendo o local onde ocorre a fecundaþÒo e a vagina apresenta conduþÒo em duas vias uma de entrada para os espermatoz¾ides e outra de saÝda como porta de passagem do bebÛ no momento do parto. O conhecimento do corpo, da funþÒo e localizaþÒo de seus ¾rgÒos Ú de grande importÔncia, estando por isto desde os primeiros anos escolares dentro do programa de ciÛncias. Aqui vamos ilustrar um pouco do Sistema Genital Feminino e ensinar a montar alguns dos modelos criados pelos estudantes da Licenciatura em Biologia do Centro de CiÛncias Biol¾gicas.

lls lose

Veja também: