Martinica - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Martinica


  Geografia Fisica

A primeira mulher de Napoleão I, a imperatriz Josefina, nasceu em Trois-Ilet, na Martinica, quando a ilha ainda era uma colônia francesa.

Martinica é um departamento ultramarino da França formado pela ilha do mesmo nome, pertencente às Pequenas Antilhas e situada a leste do mar do Caribe, entre Dominica, ao norte, e Santa Lúcia, ao sul. Ocupa uma superfície de 1.079km2 e mede 80km de norte a sul e 35 de leste a oeste.

De origem vulcânica, a ilha é muito montanhosa, com altitude média de 900m. O ponto culminante é o monte Pelée, um vulcão ativo de 1.397m cuja erupção em 1902 destruiu a cidade de Saint-Pierre e provocou mais de trinta mil mortes. A planície de Lamentin, no sudoeste, e as estreitas planícies litorâneas são as únicas regiões planas. O clima, tropical, apresenta média térmica anual de 26º C. A chuva é abundante e varia de 4.000 e 5.000mm, no norte, a 1.000mm, no sul. Em sua maioria, os rios, numerosos e pequenos, não são navegáveis. Na vegetação predominam os mangues, no litoral sul, e a floresta equatorial nas encostas de montanhas.

A população apresenta composição étnica diversificada, embora predomine a raça negra. Além da língua oficial, o francês, fala-se o dialeto crioulo. A média de idade da população é muito inferior à da metrópole. A principal cidade é Fort-de-France, capital do departamento.

A economia da Martinica se baseia no turismo, na fabricação de açúcar e rum e no cultivo de cana-de-açúcar, banana, café, frutas tropicais e cacau. A exploração de madeira, a pesca e a extração de granito são outras atividades importantes. O comércio é feito principalmente com a França, que fornece ajuda econômica à ilha. O padrão de vida da ilha é um dos mais altos do Caribe.


História

Na época pré-colombiana, habitavam a Martinica os índios aruaques, que foram deslocados pelos caraíbas, tribo que Cristóvão Colombo encontrou quando descobriu a ilha, em sua quarta viagem à América. A primeira colônia européia foi estabelecida por franceses em 1635. Em 1674, a ilha tornou-se domínio da coroa francesa. Durante as guerras napoleônicas, foi ocupada duas vezes pelos britânicos. Em 1848 aboliu-se a escravatura na Martinica.

Depois da segunda guerra mundial, a ilha, transformada em possessão, conheceu um período de crise econômica e superpopulação e os problemas sociais favoreceram, a partir de 1960, o surgimento de movimentos de independência. A Martinica é governada por um prefeito e um conselho geral e envia representantes aos órgãos legislativos franceses.


Veja também: