Martim-pescador - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Martim-pescador


  Taxonomia

Muito comum em margens dos rios, o martim-pescador permanece à espera de que lhe passem a seu alcance os pequenos peixes que captura em mergulhos certeiros, com o bico pontiagudo.
Martim-pescador é uma ave da família dos alcedinídeos que ocorre do México à Terra do Fogo. Além de peixes, come insetos como abelhas, vespas e formigas aladas. Vive aos casais, revezando-se o macho e a fêmea na escavação de tortuosas galerias, de um metro de extensão, nos barrancos dos rios, onde nidificam. Seus dedos dianteiros, unidos na base, prestam-se à perfeição para isso. A fêmea põe de dois a quatro ovos. O tempo médio de incubação, apurado no caso do martim-pescador-pequeno, é de 22 dias.
O martim-pescador-grande (Ceryle ou Megaceryle torquata) mede 42cm e às vezes apresenta matizes encarnados. O martim-pescador-verde ou ariramba-verde (Chloroceryle amazona), de 29,5cm, tem as partes superiores verde-metálicas e as inferiores brancas (amareladas na fêmea).
Semelhante nas cores é a espécie mais comum, o martim-pescador-pequeno (C. americana), de 19cm, de um verde mais escuro nas partes superiores, em  contraste com uma faixa branca e sedosa que liga a base do bico à nuca. O martim-pescador-da-mata ou martim-pescador-pintado (C. inda), de 22cm, vive em áreas recolhidas, à beira de córregos em matas fechadas: tem as partes inferiores cor de ferrugem, a fêmea com uma faixa peitoral mesclada de branco e preto. O martim-pescador-anão ou arirambinha (C. aenea), de 12,5cm, é uma miniatura do martim-pescador-da-mata, mas com o centro da barriga branco

Veja também: