Mar da Arábia - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Mar da Arábia


  Geografia Fisica
A zona noroeste do oceano ═ndico constitui o mar da Arßbia, cujas ßguas, utilizadas para navegaþÒo pelos marinheiros persas e ßrabes desde o sÚculo VIII, converteram-se mais tarde na via natural de penetraþÒo dos comerciantes europeus na ┴sia.
O mar da Arßbia se estende ao longo de quase trÛs mil quil¶metros, do cabo Hafun, no chamado chifre da ┴frica, atÚ o cabo Comorim, no extremo sul da ═ndia. Banha as costas meridionais da penÝnsula arßbica, o IrÒ e o PaquistÒo, alÚm do Malabar (costa oeste da ═ndia). Do lado oeste, o golfo de Aden, pelo estreito de Bab al-Mandeb, liga o mar da Arßbia ao mar Vermelho; a norte, o golfo de OmÒ, pelo estreito de Ormuz, o liga ao golfo PÚrsico. Suas ßguas tÛm temperatura e salinidade elevadas. A profundidade mÚdia Ú superior a 2.700m, ultrapassando 4.800m a leste da ilha de Socotra.
O mar da Arßbia possui poucas ilhas; as mais importantes sÒo as de Socotra, no chifre da ┴frica, e os arquipÚlagos coralinos das Maldivas e das Laquedivas, na costa de Malabar. O Indo Ú o principal rio que desemboca em suas ßguas.
Ao longo da hist¾ria, as monþ§es (ventos peri¾dicos tÝpicos dessa regiÒo) a cujo regime estß submetido esse mar foram aproveitadas para navegaþÒo. A monþÒo de verÒo, que sopra de sudoeste para nordeste, era utilizada pelos marinheiros europeus para chegarem Ó ═ndia; a monþÒo de inverno, que sopra de nordeste para sudoeste, facilitava a navegaþÒo de retorno.
No fim do sÚculo XV o mar da Arßbia comeþou a adquirir grande importÔncia comercial quando os portugueses, em seu avanþo para a ═ndia, descobriram a rota do cabo da Boa Esperanþa. Mais tarde, durante a segunda metade do sÚculo XIX, a colonizaþÒo da ┴frica e a construþÒo do canal de Suez deram novo impulso ao trßfego marÝtimo dessa zona.
O mar da Arßbia tem grande n·mero de portos, entre os quais destacam-se Bombaim (═ndia), Karachi (PaquistÒo) e Aden (IÛmen).
m/

Veja também: