Manuel de Abreu - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Manuel de Abreu


  Biografias

Por seu baixo custo e rapidez, a abreugrafia, processo inventado pelo médico brasileiro Manuel de Abreu para fixar fotograficamente a imagem radioscópica, possibilitou uma redução apreciável do número de casos fatais de tuberculose e outras doenças em sua fase inicial.

Manuel Dias de Abreu nasceu em São Paulo SP em 4 de janeiro de 1894. Em 1914, ano em que se formou pela Faculdade Nacional de Medicina do Rio de Janeiro, seguiu para Paris, onde em 1916 passou a dirigir os estudos de radiologia da Santa Casa de Paris. De volta ao Brasil em 1922, continuou suas investigações sobre radiodiagnóstico, radiogeometria e radioscopia. Suas pesquisas para acelerar o diagnóstico da tuberculose culminaram com a invenção, em 1936, de um novo processo para a obtenção de radiografias de tórax que ele chamou de roentgenfotografia, por tratar-se da combinação de fotografia e raios X (raios Roentgen). Em 1939, durante o I Congresso Brasileiro de Tuberculose, o processo recebeu o nome de abreugrafia.

O principal objetivo da abreugrafia é fornecer um diagnóstico rápido de doenças ocultas ou inaparentes no interior do tórax. Destinada de início ao diagnóstico da tuberculose pulmonar, é também utilizada para a pesquisa de lesões cardíacas, tumores, micoses, câncer etc. Manuel de Abreu, membro da Academia Nacional de Medicina e do Instituto Brasileiro de Ciências, morreu no Rio de Janeiro RJ em 30 de janeiro de 1962.


Veja também: