Maghreb - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Maghreb


  Geografia Fisica

A divisão política da região do Maghreb em nada afeta sua unidade geográfica, étnica, religiosa e cultural, que a diferencia nitidamente do resto da África.

O Maghreb (forma dialetal que significa "poente", "oeste") compreende os territórios montanhosos situados entre o Mediterrâneo e o Saara, no norte da África. Inclui partes do Marrocos, Argélia, Tunísia e Líbia. Seu principal componente geográfico é a cordilheira do Atlas, com suas diversas ramificações. O clima, de tipo mediterrâneo, varia gradativamente desde o litoral e as vertentes montanhosas setentrionais, que recebem a umidade do Atlântico, até a zona de transição para o deserto, ao sul. A vegetação natural, adaptada às condições climáticas, foi empobrecida pela secular ação humana.

A população berbere autóctone dedica-se tradicionalmente à agricultura mediterrânea (videiras, oliveiras, cereais), ao cultivo intensivo de frutas (sobretudo tâmaras), legumes e hortaliças e ao pastoreio transumante (ovelhas, cabras, camelos), migrando com seus rebanhos para regiões mais elevadas nas épocas de calor mais intenso. O Maghreb conta com importantes recursos minerais: fosfatos, ferro, zinco, petróleo, gás natural, etc. Entre as cidades mais ativas figuram Marrakech, Casablanca, Rabat, Meknès, Fez e Tânger, no Marrocos; Oran, Argel e Constantine, na Argélia; Bizerta e Túnis, na Tunísia; e Trípoli, na Líbia.

O Maghreb tem acolhido diversas civilizações ao longo da história: cartagineses, romanos, vândalos, bizantinos, árabes, almorávidas, berberes, turcos, otomanos e europeus impuseram seu domínio à região.  Atualmente uma parte árabe se mescla ao substrato berbere e constitui uma população a que a religião islâmica confere unidade cultural.


Veja também: