Konstantin Tsiolkovski - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Konstantin Tsiolkovski


  Biografias

A surdez causada pela escarlatina, aos nove anos, e a morte prematura da mãe fizeram de Tsiolkovski um menino solitário que gostava de sonhar com viagens interplanetárias. O interesse precoce pelo tema faria dele um dos precursores da era espacial.
Konstantin Eduardovitch Tsiolkovski nasceu em Ijevsk, Rússia, em 17 de setembro (5 de setembro, no calendário juliano) de 1857, numa família pobre descendente de nobres poloneses. Viveu em Moscou durante três anos, período em que estudou química, matemática, astronomia e mecânica. Em 1876 foi contratado como professor de uma escola em Borovsk, onde estudou a teoria cinética dos gases.
Impressionada com o desenvolvimento intelectual de Tsiolkovski, a Sociedade Físico-Química Russa convidou-o a integrar seu quadro de membros. Transferido em 1892 para Kaluga, estudou a construção de dirigíveis metálicos, para o que projetou e construiu o primeiro túnel de vento fabricado na Rússia. A Academia de Ciências, ao tomar conhecimento do trabalho de Tsiolkovski, passou a apoiá-lo financeiramente. Com o dinheiro, o cientista construiu um túnel de vento maior e pôde desenvolver avançados projetos de dirigíveis e aviões.
Enquanto estudava aerodinâmica, Tsiolkovski começou a dar mais atenção aos problemas espaciais. Em 1895, publicou o livro Gryozy o zemle i nebe (Sonhos de Terra e céu) e, no ano seguinte, um artigo sobre comunicação com extraterrestres. No início do século XX viveu um período difícil, marcado pelo suicídio do filho e a destruição de materiais de pesquisa por uma inundação. Além disso, a Academia de Ciências não reconheceu o valor de suas experiências aerodinâmicas e o Congresso de Aeronáutica de São Petersburgo encarou com indiferença seus modelos de um dirigível totalmente metálico.
A partir de 1917, teve o apoio do estado soviético para suas pesquisas. Dois anos depois, elegeu-se para a Academia Socialista (mais tarde Academia de Ciências da União Soviética). Tsiolkovski morreu em Kaluga, em 19 de setembro de 1935.


Veja também: