Juliano Moreira - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Juliano Moreira


  Biografias
Ao abolir coletes e camisas-de-forþa e instalar um laborat¾rio de anßlises, a partir do qual iniciou-se, no Brasil, a rotina de punþ§es lombares para elucidaþÒo de diagn¾stico, Juliano Moreira reformou radicalmente o tratamento dos doentes mentais.
Juliano Moreira nasceu em Salvador BA, em 6 de janeiro de 1873. Formou-se na Faculdade de Medicina da Bahia, onde seria professor de neurologia e psiquiatria. Aperfeiþoou-se na Europa, onde freq³entou cursos de doenþas mentais e de anatomia patol¾gica. Nomeado diretor do Hospital Nacional de Alienados, no Rio de Janeiro, em 1902, reformou e ampliou a instituiþÒo e obteve a promulgaþÒo da primeira lei brasileira de assistÛncia aos loucos. No hospital, reuniu um insigne grupo de colaboradores.
Em 1911 foi nomeado diretor da AssistÛncia a Psicopatas. Em sua gestÒo criou-se o manic¶mio judicißrio, adquiriu-se o terreno para construþÒo do atual Hospital-Col¶nia Juliano Moreira e fundou-se a nova col¶nia para mulheres dementes. Eminente tropicalista, deixou trabalhos sobre o ainhum, a bouba, a leishmaniose e a lepra, alÚm de AssistÛncia aos alienados no Brasil (1906) e A evolucÒo da medicina no Brasil (1908). Juliano Moreira morreu no Rio de Janeiro RJ, em 2 de maio de 1933.

Veja também: