Jonas Salk - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Jonas Salk


  Biografias

O bacteriologista americano Jonas Salk estudou os Vírus da gripe e da poliomielite e descobriu a primeira vacina capaz de produzir imunidade contra esta última. Suas pesquisas foram depois aperfeiçoadas por Albert Sabin.

Jonas Edward Salk nasceu na cidade de Nova York em 28 de outubro de 1914. Doutor em medicina pela Universidade de Nova York em 1939, especializou-se em pesquisas sobre imunologia, em colaboração com Thomas Francis Jr. Como membro do Conselho de Pesquisa Nacional, juntou-se a Francis na Universidade de Michigan, em 1942, e empreendeu trabalhos sobre a imunização contra a gripe.

Em 1947, nomeado professor-adjunto de bacteriologia do Laboratório de Pesquisa de Vírus da Universidade de Pittsburgh, começou as pesquisas sobre a poliomielite, e identificou três variedades diferentes de Vírus como causadoras da doença. Depois de experiências nas quais demonstrou que a inoculação do Vírus morto favorecia a formação de anticorpos para combater a enfermidade, Salk trabalhou na fabricação de uma vacina, que foi aplicada em seres humanos numa fase experimental em 1952. O sucesso dos testes o levou a publicar os resultados e, após três anos de experimentação, a aplicação da vacina contra a poliomielite foi oficialmente permitida em todo o território dos Estados Unidos em 1955.

Em 1957, Salk foi nomeado professor de medicina experimental em Pittsburgh e em 1963 assumiu a direção do Instituto para Pesquisas Biológicas de San Diego, Califórnia, mais tarde rebatizado como Instituto Salk de Estudos Biológicos, onde realizou pesquisas sobre o câncer e a esclerose múltipla. Entre outras honrarias, em 1977 lhe foi conferida a Medalha Presidencial da Liberdade. Em 1986 o cientista transferiu-se para Carlsbad, Califórnia, sede da Immune Response Corporation, de que foi um dos fundadores e onde trabalhou na pesquisa da vacina contra a AIDS. Salk morreu em 23 de junho de 1995 em La Jolla, Califórnia.

 


Veja também: