Jeremy Bentham - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Jeremy Bentham


  Biografias
"A maior felicidade possível para o maior número possível de pessoas." O lema de Bentham define perfeitamente o utilitarismo, doutrina por ele criada, cujo fim era a obtenção do bem-estar do indivíduo pela organização pragmática da sociedade.
Jeremy Bentham nasceu em Londres em 15 de fevereiro de 1748. Estudou direito em Oxford, formando-se em 1772. Quatro anos depois publicou sua primeira obra, A Fragment on Government (Um fragmento sobre o governo). Esse livro lhe granjeou a simpatia de Lord Shelburne, graças a quem conheceu destacados dirigentes do partido whig (do qual nasceria o Partido Liberal).
Em sua obra An Introduction to the Principles of Morals and Legislation (1789; Introdução aos princípios da moral e da legislação) expôs a doutrina do utilitarismo, cuja base era o reconhecimento de que o mundo é regido por dois princípios: prazer (bem) e dor (mal). Como esse fato é incontestável, a ordem social e moral deve buscar a utilidade, isto é, aquilo que produz o bem do indivíduo ou, pelo menos, evita uma dor desnecessária. É preciso estabelecer uma ordem de valores, de acordo com a utilidade de cada um e escolher pragmaticamente os que possam produzir o maior bem para o maior número de pessoas. Como o castigo produz dor e não bem-estar, só deve ser empregado para prevenir males piores.
Interessado numa reforma legislativa em benefício do povo, Bentham colaborou em vários projetos legais para o desenvolvimento do ensino, a erradicação da pobreza e a suavização das penas e dos regimes de prisão. Contribuiu também para que diversos países adotassem mudanças em suas leis penais e processuais, divulgando seu pensamento nas obras Rationale of Judicial Evidence (1827; Lógica da prova judicial) e Essay on Political Tactics (Ensaio sobre táticas políticas).
Em 1823 participou da fundação da Westminster Review e formou a seu redor um grupo de discípulos, entre eles o filósofo John Stuart Mill, que perpetuou sua doutrina ao longo do século XIX. Na verdade, Bentham nunca pretendeu elaborar uma teoria filosófica, mas sim favorecer a racionalização das instituições. Suas idéias exerceram grande influência sobre o desenvolvimento do liberalismo político e econômico. Morreu em Londres, em 6 de junho de 1832.

Veja também: