Jequitibá - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Jequitibá


  Botânica
Dotado de grande resistência e capaz de atingir quarenta metros de altura, o jequitibá, árvore nativa do Brasil, fornece madeira dura e difícil de ser serrada, mas de uso tradicional em marcenaria e construções em geral.
Árvore da família das lecitidáceas, a mesma da sapucaia e de outras espécies amazônicas, como a jaterena e a jenipaparana, jeniparaná ou pau-fedorento, o jequitibá tem tronco liso e cilíndrico, com diâmetro às vezes superior a dois metros. As flores podem ser brancas, vermelhas ou amarelas, conforme a espécie. Os frutos lenhosos, ou pixídios, são urnas cilíndricas, com dez centímetros de comprimento médio e uma tampa que se abre para liberar as sementes.
Entre as diferentes espécies, distinguem-se o jequitibá-vermelho ou coatinga (Cariniana estrellensis), nativo dos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo; o jequitibá-rosa, branco ou grande (C. legalis), também chamado jequitibá-cedro ou pau-caixão, que se dispersa pelo Espírito Santo, São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso; o jequitibá-roxo ou jequitibá-de-mato-grosso (C. domestica), encontrado no Centro-Oeste; e o jequitibá-do-amazonas (C. integrifolia), típico da região Norte. A casca do jequitibá é usada em infusões para gargarejo, nas afecções da boca e garganta.

Veja também: