Jean-Baptiste Say - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Jean-Baptiste Say


  Biografias
Firme defensor da liberdade de produção e de consumo, e convicto de que o capitalismo sempre se ajusta às crises, o economista francês Jean-Baptiste Say formulou a lei econômica que leva seu nome e se manteve como princípio fundamental da economia ortodoxa até a grande depressão da década de 1930.
Jean-Baptiste Say nasceu em Lyon, França, em 5 de janeiro de 1767. Filho de um comerciante, trabalhou na firma de um amigo do pai na Inglaterra, onde estudou a obra do fundador da escola clássica, Adam Smith, cujo tratado The Wealth of Nations (1776; A riqueza das nações) despertou-lhe o interesse pela economia política.
Em seu livro principal, Traité d"économie politique (1803; Tratado de economia política), Say definiu a economia política como "a exposição da maneira como se formam, se consomem e se distribuem as riquezas". Foi a primeira obra do gênero publicada na França e veículo de divulgação do liberalismo econômico de Adam Smith. O livro fez grande sucesso, mas foi proibido por razões políticas e só teve nova edição em 1814.
Say criou uma escola própria quando elaborou a teoria segundo a qual é a utilidade, e não o trabalho, que determina o valor de um bem. Considerou que três fatores, terra, mão-de-obra e capital, intervêm na produção, cada um dos quais recebe uma remuneração -- rendas agrárias, salários e lucro -- proporcional a seu concurso. A utilidade dos bens determina a demanda, enquanto os custos de produção determinam a oferta.
Corolário de suas teses foi a lei de mercado, a "lei de Say", segundo a qual a demanda e a oferta globais de um sistema econômico sempre se equivalem. As depressões econômicas, portanto, não são deficiência geral de demanda, mas superproduções temporárias para alguns mercados e subproduções para outros. Esse desequilíbrio se reajusta automaticamente porque os superprodutores reorganizam sua produção para atender às preferências dos consumidores e não ser alijados do mercado. Esse mecanismo auto-regulador funciona desde que as trocas internas e externas sejam livres.
Entre outras obras, Say publicou Cours complet d"économie politique pratique (1828-1830; Curso completo de economia política prática), exposição geral de sua teoria. Morreu em Paris em 15 de novembro de 1832.

Veja também: