Ivan Pavlov - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Ivan Pavlov


  Biografias
O conceito de reflexo condicionado do fisiologista e médico russo Ivan Pavlov abriu novos caminhos à psicologia experimental, permitiu a elaboração de técnicas como o chamado "parto sem dor" e influenciou a corrente behaviorista da psicologia.
Ivan Petrovitch Pavlov nasceu em 26 de setembro (14 de setembro, pelo calendário juliano) de 1849, em Riazan. Filho de sacerdote ortodoxo russo, em 1870 abandonou a carreira eclesiástica para cursar química e fisiologia na Universidade de São Petersburgo. Graduou-se na Academia de Cirurgia e Medicina, depois transformada em Academia Militar de Medicina. Doutorou-se em 1883 e fez estágio na Alemanha, de 1884 a 1886, com os fisiologistas Karl Ludwig e Rudolf Heidenhain. Em 1890 foi nomeado professor de farmacologia e depois de fisiologia da Academia Militar de Medicina, onde permaneceu até 1924.
Pavlov destacou-se inicialmente por seus estudos sobre o sistema circulatório, mas logo seu interesse voltou-se para a fisiologia do aparelho digestivo. Desenvolveu técnicas cirúrgicas precisas, com as quais realizou experimentos com animais, especialmente cães, sem alterar-lhes as condições vitais normais. Os resultados de seu trabalho sobre as relações entre a atividade do sistema nervoso e a função digestiva, expostos numa conferência publicada em 1897, valeram-lhe o Prêmio Nobel de medicina e fisiologia em 1904.
A teoria do reflexo condicionado, apresentada no congresso mundial de medicina realizado em Madri em 1903, foi sugerida a Pavlov pelas experiências hoje clássicas sobre a secreção salivar nos cães, que pode ser desencadeada por um estímulo associado à função digestiva de modo indireto e artificial, como o som de campainha que acompanha a apresentação de alimento. Pavlov chamou esse reflexo de condicionado para distingui-lo do reflexo incondicional ou primário, e definiu-o como resultado de associações secundárias estabelecidas pelo sistema nervoso a partir da relação causa-efeito original, constitutiva do reflexo primário. Convencido de que os fenômenos vitais ditos psíquicos diferiam dos fenômenos físicos apenas por sua maior complexidade, Pavlov realizou, nos anos seguintes, pesquisas sobre os aspectos psicofísicos de fenômenos como histeria e hipnose.
Em 1921, o governo soviético criou especialmente para Pavlov um centro de pesquisas biológicas, que o cientista dirigiu até a morte, embora mantivesse posições anticomunistas públicas. Em obra fundamental sobre o reflexo condicionado, Dvadsatiletnii opit objektivnovo isutchenia vichei nervnoi deiatelnosti -- povedeniia -- jivotnikh (1923; Vinte anos de estudos objetivos da atividade nervosa superior --comportamento -- dos animais), revela mudanças em relação ao estrito mecanicismo e determinismo anteriores e admite a existência de uma função psíquica especificamente humana, baseada no desenvolvimento da linguagem como um "segundo sistema de sinais". O que diferencia a psicologia humana da psicologia animal é a intervenção da linguagem, do conceito, ou seja, da inteligência. Ainda assim, Pavlov manteve a convicção de que toda atividade mental, humana ou animal, é resultado de uma cadeia de associações realizadas pelo sistema nervoso a partir dos dados fornecidos pelos sentidos. Defendeu sempre o princípio da unidade entre o fisiológico e o psicológico, entre o objetivo e o subjetivo.
Pavlov morreu em São Petersburgo, então Leningrado, em 27 de fevereiro de 1936. Em comemoração ao centenário de seu nascimento, a Academia de Ciências da União Soviética publicou suas obras completas entre 1940 e 1949.
b

Veja também: