Ilha da Páscoa - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Ilha da Páscoa


  Geografia Fisica

Famosa pelas gigantescas cabeças esculpidas em pedra, a mais oriental das ilhas polinésias constitui a província chilena denominada ilha da Páscoa, administrativamente vinculada à região de Valparaíso.
Situada no sudoeste do oceano Pacífico, a 3.600km da costa sul-americana, a ilha da Páscoa tem superfície de 163km2 e é chamada pelos indígenas Rapa Nui (Grande Rapa) ou Te Pito te Henua (Umbigo do Mundo). De origem vulcânica, tem ponto culminante no monte Terevaka, com 600m de altitude, e três vulcões extintos lhe dão o aspecto triangular. O clima é subtropical e predomina a vegetação de savanas. Os cursos d"água são escassos, pois o solo poroso dificulta a retenção e o fluxo de águas pluviais que, acumuladas nas crateras dos vulcões, se extraem por meio de poços. Devido ao abrupto relevo da costa, não há portos naturais, mas as embarcações fundeiam a oeste em Hanga Roa, ao sul em Hotu-Iti e Vinapu, e ao norte em Anakena e na baía de La Pérouse.
A ilha foi habitada por polinésios procedentes das ilhas Marquesas desde o ano 400, aproximadamente. A cultura insular se desenvolveu ao longo de três períodos, o primeiro dos quais, entre os anos 700 e 850, foi marcado pela construção das primeiras plataformas de pedra (ahus). Do ano 1000 a 1600 ergueram-se as esculturas monumentais, de 3 a 12m de altura, com suas bases de pedra e rostos que fitam o mar. Essas esculturas, que se acham em bom estado de conservação, devem ter tido função funerária ou religiosa. No último dos três períodos, a cultura da ilha entrou em decadência, acelerada pelas visitas dos europeus ao território. A arte monumental foi substituída por pequenas estátuas de madeira e pedra, além de tábulas com hieróglifos, chamadas rongorongo.
O primeiro europeu a desembarcar na ilha foi o holandês Jacob Roggeveen, em 1722, no domingo de Páscoa, origem de seu nome. Em 1770 chegou ao local uma expedição espanhola e, quatro anos depois, o britânico James Cook. A captura de escravos para as minas do Peru e uma epidemia de varíola reduziram a população insular de cerca de três mil pessoas em 1860 a pouco mais de uma centena em 1877.
Agricultura, pecuária de ovinos, pesca e turismo são as principais atividades econômicas da ilha, cujos habitantes têm origem polinésia, ainda que com alto grau de mestiçagem. A maior concentração populacional está em Hanga Roa, a capital. A ilha da Páscoa foi anexada ao Chile em 1888, mas os habitantes só adquiriram plena cidadania em 1965.

Veja também: