Ilha - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Ilha


  Geografia Fisica
As ilhas oceânicas são laboratórios naturais para o estudo de processos como o crescimento e a regulação populacional de sua fauna característica, a competição entre as espécies e a interação entre predadores e predados. Baseados em estudos em ilhas oceânicas, Charles Darwin e Alfred Russel Wallace formularam a teoria da seleção natural.
Ilha é toda superfície de terra menor que um continente, rodeada de água -- seja do mar, de um rio ou de um lago -- e diferenciada das massas continentais. Um grupo de ilhas forma um arquipélago. Emprega-se o termo ilhota para as ilhas pequenas.
Tipos de ilhas. As ilhas marinhas podem ser continentais ou oceânicas. As primeiras pertencem a um escudo continental e têm a mesma configuração geológica deste. Situam-se sobre a plataforma continental e geralmente são separadas dos continentes por estreitos ou corredores pouco profundos, que uma ligeira elevação do fundo marinho faria emergir e unir as ilhas à terra continental. É o caso da Groenlândia, a maior ilha do mundo, em relação ao continente norte-americano, ou das ilhas britânicas em relação à Europa. As ilhas continentais podem ser consideradas terras elevadas de zonas parcialmente submersas do continente.
As ilhas oceânicas representam trechos emersos da plataforma submarina ou bordas das grandes fossas oceânicas, nas quais são evidentes os fenômenos de vulcanismo, às vezes associados ao desenvolvimento de formações coralígenas. O isolamento marinho determina a configuração de formas peculiares de vegetação e fauna nas ilhas. Certas espécies, chegadas a uma ilha em um período geológico conhecido, podem servir para elucidar a história geológica da ilha e o momento em que se separou do território continental. Às vezes, a evolução específica de animais e plantas isolados durante longos períodos permite classificar zonas biológicas diferenciadas. O mar atua como uma barreira para algumas formas de vida, mas transporta para as ilhas outras espécies que, nesse ambiente isolado, com freqüência se diferenciam dos antepassados continentais.
Principais ilhas. Na zona polar ártica encontram-se, além da Groenlândia, inúmeras ilhas, como as de Parry, Devon, Ellesmere, Victoria, Melville, Bathurst e Baffin, também pertencentes ao escudo da América do Norte, e as de Svalbard, Nova Zembla, Terra do Norte e Nova Sibéria, ao norte dos escudos escandinavo e siberiano. No Atlântico norte destacam-se: as ilhas britânicas, zona emersa da plataforma continental européia; as ilhas vulcânicas da Islândia, Açores e Canárias; e o cordão insular das Antilhas, em latitudes tropicais, formado por terrenos sedimentários dobrados (grandes Antilhas) e afloramentos vulcânicos e recifes coralinos (pequenas Antilhas). No Mediterrâneo sobressaem inúmeras ilhas de grande importância na história do Ocidente, como as Baleares, Córsega, Sardenha, Sicília, Creta, Chipre e os arquipélagos gregos. No Atlântico sul, as ilhas de Ascensão, Santa Helena e Tristão da Cunha constituem emersões da cordilheira dorsal oceânica, ao passo que a ilha Grande da Terra do Fogo, as Órcadas do Sul, as Malvinas (Falklands), as Geórgias do Sul e as Sandwich do Sul estão relacionadas às estruturas de dobramento do subcontinente sul-americano (os Andes).
A parte ocidental do oceano Pacífico está coberta por uma linha descontínua de arquipélagos (Aleutas, Kurilas, Japão, Filipinas, Nova Guiné, Melanésia e Nova Zelândia) relacionados com sistemas vulcânicos e sísmicos. Na Oceania, a emersão de plataformas submarinas e de dorsais oceânicas causou a formação de arquipélagos como os das Marianas, Salomão, Fidji, Carolinas, Marquesas e Tuamotu. No Índico destacam-se grandes ilhas como Madagascar, Sri Lanka, Sumatra e Java.
Brasil. As ilhas costeiras brasileiras agrupam-se em três tipos, segundo a maneira como foram formadas:  (1) pela emersão de terrenos da plataforma continental; (2) pela separação de trechos continentais, como é o caso das ilhas da baía de São Marcos MA, Itaparica BA, ilha Grande RJ, São Sebastião ou Ilhabela SP, São Francisco do Sul e Santa Catarina SC; ou (3) constituem formações aluviais, como as ilhas da foz do Amazonas, em que se destacam as de Marajó e Maracá PA.
Dentre as ilhas oceânicas brasileiras destacam-se as de Fernando de Noronha, Trindade, os rochedos de São Pedro e São Paulo e o atol das Rocas, que são afloramentos vulcânicos.

Veja também: