Homeostase - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Homeostase


  Biofísica

Uma das principais características dos organismos vivos é a capacidade de alteração de seu estado orgânico como forma de reação fisiológica a mudanças do meio ambiente.
Homeostase é um processo de auto-regulação por meio do qual sistemas biológicos tendem a manter sua estabilidade para se ajustarem a condições ótimas de sobrevivência. Todos os processos de integração e coordenação de funções, mediados por circuitos mecânicos ou por sistemas hormonais e nervosos, são exemplos de regulação homeostática. A estabilidade alcançada é, na verdade, um equilíbrio dinâmico em que ocorrem mudanças contínuas, embora prevaleçam condições relativamente uniformes. Qualquer sistema em equilíbrio dinâmico -- um gato, uma comunidade ou um computador -- tende para uma situação estável, um equilíbrio que resista a forças externas de mudança. Quando um sistema desses é perturbado (o gato tem fome, uma floresta é queimada ou um computador é ativado), mecanismos reguladores respondem aos desvios para estabelecer um novo equilíbrio (o gato come, plantas restauram a floresta e o computador exibe uma solução).
Um dos segredos da sobrevivência num mundo em constante mudança consiste em diminuir ao máximo o impacto das alterações externas de tal forma que não ocorram lesões irreversíveis. Isso implica a manutenção relativa do equilíbrio das funções vitais, metabólicas e fisiológicas, com a finalidade de permitir o bom funcionamento do organismo. Entre os mecanismos homeostáticos mais importantes de recuperação do equilíbrio temporariamente perdido está a termorregulação, graças à qual a temperatura corporal de alguns animais superiores, como as aves e os mamíferos, varia entre limites estreitos. Diante de baixas temperaturas, os mamíferos reagem ativando mecanismos que tendem a reduzir as perdas de calor -- diminuem, por exemplo, o diâmetro dos vasos sangüíneos cutâneos, fenômeno conhecido como vasoconstrição -- e a aumentar a temperatura corporal mediante contrações musculares. Se a temperatura sobe, o animal dilata os vasos sangüíneos para que o sangue, ao fluir em maior profusão para os tecidos da pele, possibilite a perda de calor corporal.
Outro mecanismo homeostático comum é o aumento da produção de suor, que, ao evaporar, provoca a diminuição da temperatura. Também apresenta função homeostática a regulação da pressão sangüínea, dos líquidos corporais e do ritmo respiratório. No processo intervêm os hormônios, que desencadeiam uma série de respostas em diferentes órgãos do corpo quando são lançados na circulação, em resposta a determinados estímulos.

 

Veja também: