Grand Canyon - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Grand Canyon


  Geografia Fisica
A poderosa capacidade erosiva do rio Colorado deu lugar à formação do Grand Canyon, uma das paisagens mais belas e impressionantes do planeta.
O Grand Canyon do Colorado é uma enorme garganta formada pelo rio Colorado nos planaltos do norte do Arizona, nos Estados Unidos. Mede aproximadamente 440km de comprimento e de 200 a 8.000m de largura. Estende-se desde a cabeceira do rio Paria até os altos penhascos do Grand Wash e constitui, em um de seus trechos, o limite natural entre os estados do Arizona e de Nevada. Suas escarpas, que por vezes se elevam sobre o rio até uma altura de mil metros, apresentam grande número de pequenos acidentes geográficos, tais como fendas, elevações, morros e formações ruiniformes (com aparência de ruínas).
Sua origem deve-se à ação do rio Colorado, que ao longo de pelo menos um milhão de anos erodiu o próprio leito, deixando a descoberto formações sedimentares depositadas ao longo da história geológica. A capacidade erosiva do rio só é explicável por sua grande velocidade, pela força de suas águas e pela presença de areia, lodo e cascalho que lhe serviram de ferramentas para a escavação do vale. Juntamente com a profundidade dos barrancos, chama a atenção o colorido do cânion, em geral avermelhado, porém com peculiaridades cromáticas em cada grupo de estratos que variam do cinza até o violeta, dotando o conjunto de extraordinária beleza.
Caracterizada pela aridez, a região apresenta, apesar disso, fauna e flora ricas e variadas, ambas perfeitamente adaptadas às condições ambientais. Nas zonas mais áridas, a vegetação é composta de iuca e diversos tipos de cactos. Quanto à vida animal, as espécies mais características são o coiote, a raposa,  o esquilo, o cervo, o texugo e o coelho.
O Grand Canyon foi descoberto em 1540 pela expedição de Juan Vásquez de Coronado, mas até a segunda metade do século XIX não foram conhecidas suas características geológicas, biológicas e etnológicas. A zona mais pitoresca e agreste do cânion foi declarada parque nacional no ano de 1919 -- o Grand Canyon National Park, com 493.076 hectares -- e em 1975 o parque foi ampliado com a inclusão de várias outras reservas naturais adjacentes. Além da beleza da paisagem, destacam-se no parque os restos de antigos povoados de épocas pré-históricas. Encontram-se ali agrupadas em reservas cinco tribos indígenas autóctones.

Veja também: