Giorgio Vasari - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Giorgio Vasari


  Biografias

A atuação de Vasari como criador de obras plásticas do maneirismo foi obscurecida, com o passar do tempo, pela importância atribuída a seus escritos sobre a arte italiana do Renascimento, essenciais para a história desse período.

Giorgio Vasari nasceu em Arezzo, Florença, em 30 de julho de 1511. Sob a proteção da família Medici, formou-se artisticamente em Florença, onde absorveu as lições do círculo de Andrea del Sarto e foi tomado de uma admiração sem limites, que conservou por toda a vida, pela obra de Michelangelo. Seus conhecimentos teóricos e a rapidez com que trabalhava converteram-no num dos mais requisitados e prolíficos pintores da época. Sua obra pictórica, concebida nos moldes do maneirismo toscano e na qual sobressaem um grande ciclo de afrescos no Palazzo Vecchio de Florença e as cenas da vida do papa Paulo III no Vaticano, foi com freqüência criticada como superficial e pobre em colorido. De melhor reputação gozam os afrescos que fez, em 1543, em sua casa em Arezzo.

Vasari só mais tarde se dedicou à arquitetura, mas nesse campo criou sua obra mais importante: os Uffizi (1560), em Florença, projetados como prédio para os serviços administrativos da Toscana, mas pouco depois transformados em galeria para a coleção de quadros e esculturas da família Medici. A célebre obra, que revela no projeto a influência de Michelangelo, constitui um dos melhores exemplos da arquitetura florentina do período maneirista.

A fama de Vasari, contudo, não se deve a seus afrescos ou obras arquitetônicas, e sim a um livro. Suas estadas em quase todas as cidades da península itálica ofereceram-lhe oportunidades para ver as obras dos grandes mestres, permitindo-lhe assim escrever Vite dei più eccellenti pittori, scultori ed architetti italiani (1550; Vidas dos mais importantes pintores, escultores e arquitetos italianos). Em estilo coloquial, o livro, de que saiu em 1568 uma segunda edição aumentada, é de leitura fascinante e aborda mestres como Giotto, fra Angelico, Botticelli, Donatello, Leonardo, Michelangelo, Bramante e Rafael, entre muitos outros. Vasari morreu em Florença, em 27 de junho de 1574.



Veja também:




Copyright © 1999 - 2021 - Development by Dolci Tecnologia. Todos os direitos reservados