Giambattista Morgagni - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Giambattista Morgagni


  Biografias
Primeiro médico a demonstrar a necessidade de basear o diagnóstico, o prognóstico e o tratamento no exame detalhado das condições anatômicas do paciente, Morgagni é tido como fundador da anatomia patológica.
Giovanni Battista (Giambattista) Morgagni nasceu em Forli, Itália, em 25 de fevereiro de 1682. Em 1701 formou-se em filosofia e medicina pela Universidade de Bolonha, onde foi aluno e, mais tarde, substituto do cirurgião Antonio Maria Valsalva, cuja obra De aure humana (1704; Sobre o ouvido humano) contou, na fase  de pesquisas, com sua colaboração. Morgagni começou a projetar-se em 1706 com a publicação do primeiro de seus Adversaria anatomica, que o ajudou a conquistar, na Universidade de Pádua, o cargo de professor-assistente de medicina teórica e a cátedra de anatomia, que ocupou de 1715 até sua morte. Naquela obra fez inúmeras observações originais sobre a estrutura de várias partes do corpo humano e colaborou para conferir à anatomia o rigor de uma ciência exata.
Morgagni deixou volumosa produção científica. Sua obra mais importante foi De sedibus et causis morborum per anatomen indagatis (1761; Sobre os lugares e as causas das doenças anatomicamente verificadas), que teve muitas edições e traduções. Nela, examinou as condições mórbidas de todo o organismo e relatou cerca de 640 dissecações, com os sintomas e os antecedentes das doenças detalhadamente descritos. Morgagni morreu em Pádua em 5 de dezembro de 1771.

Veja também: