Geoffroy Saint-Hilaire - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Geoffroy Saint-Hilaire


  Biografias
O naturalista francês Saint-Hilaire é considerado o fundador da teratologia, ramo da medicina que estuda as malformações congênitas. Ao contrário do naturalista francês Georges Cuvier, seu contemporâneo, o qual defendia que as espécies animais não haviam mudado desde a criação, Saint-Hilaire acreditava na mutabilidade das espécies, numa antecipação das teorias de Darwin.
Étienne Geoffroy Saint-Hilaire nasceu em 15 de abril de 1772 em Étampes, Seine-et-Oise. Depois de abandonar o sonho de uma carreira eclesiástica, estudou ciências naturais e graduou-se em direito. O então destacado naturalista Louis Daubenton estimulou-o a estudar medicina e a dedicar-se à pesquisa científica. Em 1793, ocupou a cátedra de zoologia do Museu Nacional de História Natural. Em 1795, publicou Histoire des Makis, ou singes de Madagascar (História dos maquis ou macacos de Madagascar), em que expressou pela primeira vez suas idéias sobre a unidade da composição orgânica. Em 1798 integrou a expedição científica de Napoleão ao Egito, onde coletou grande número de espécimes. Fundou o Instituto do Cairo e, de volta a Paris, foi eleito membro da Academia de Ciências, que mais tarde passou a presidir. A partir de 1809, como catedrático de zoologia da Sorbonne, dedicou-se a estudos de anatomia comparada.
Sua obra principal, Philosophie anatomique (1818-1822; Filosofia anatômica), lançou a idéia do equilíbrio dos órgãos, ao afirmar que o crescimento ou diminuição de um prejudica ou beneficia os outros. Ao tentar aplicar aos invertebrados essa teoria, iniciou violenta polêmica com Cuvier. Alguns de seus conceitos, no entanto, vêm sendo comprovados pela ciência moderna. Em 1840 foi acometido de cegueira e, no ano seguinte, demitiu-se do museu. Geoffroy Saint-Hilaire morreu em Paris em 19 de junho de 1844.

Veja também: