Friedrich Engels - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Friedrich Engels


  Biografias

Protetor e principal colaborador de Karl Marx, Engels desempenhou papel de destaque na elaboração da doutrina comunista. De grande capacidade intelectual, conhecia muitas línguas e especializou-se em temas como as nacionalidades, política internacional, assuntos militares e ciências.
Friedrich Engels nasceu em Barmen, cidade renana da Prússia, em 28 de novembro de 1820. Pertencia a uma família de abastados industriais, de idéias liberais e fé protestante. Freqüentou a escola secundária em sua cidade natal, mas não terminou os estudos. Por imposição do pai, teve de dedicar-se aos negócios familiares e residiu durante três anos em Bremen, onde trabalhou nos escritórios de uma empresa de exportação. Nessa cidade, entrou em contato com os Jovens Alemães, grupo de escritores liberais e revolucionários, entre os quais figurava o poeta Heinrich Heine. Engels logo juntou-se aos Jovens Hegelianos, entre os quais figuravam o teólogo e historiador Bruno Bauer e o anarquista Max Stirner.
Foi em Bremen que Engels iniciou sua brilhante carreira de jornalista, sob o pseudônimo de Friedrich Oswald. Graças a seus artigos, ingressou posteriormente no círculo hegeliano de Berlim, onde adquiriu fama de dialético profundo e incisivo, sobretudo por seus ataques à religião. Também em Berlim, fez amizade com Moses Hess, que o iniciou no comunismo e o convenceu de que essa teoria era a conseqüência necessária da dialética hegeliana.
Em 1842 transferiu-se para a Inglaterra, onde esperava que se produzisse a revolução, por ser o país mais avançado industrialmente. Ali viveu algum tempo, dedicado a seus negócios, enquanto tomava contato com os líderes radicais e estudava a situação social do país. Em 1844, durante uma breve permanência em Paris, iniciou a amizade e a colaboração com Marx, que conhecera antes em Colônia. Publicou em 1845 Die Lage der arbeitenden Klasse in England (A situação das classes trabalhadoras na Inglaterra) e, pouco depois, escreveu com Marx Die deutsche Ideologie (1845; A ideologia alemã), publicada em 1938.
Mudou-se para Bruxelas e abraçou o materialismo histórico, que Marx fazia pouco havia formulado. Em Paris, fez contato com grupos de imigrantes alemães e com socialistas franceses e, em 1847, organizou a Liga Comunista, oriunda de uma sociedade secreta chamada Liga dos Justos. Em 1848 apareceu o Manifest der Kommunistischen Partei (Manifesto comunista), elaborado em colaboração com Marx. A participação de Engels no fracassado movimento revolucionário desse mesmo ano, em Barmen e no Platinado, obrigou-o a exilar-se da Alemanha. Residiu sucessivamente na Itália, na Suíça e por último na Inglaterra, onde dirigiu uma empresa têxtil, ao mesmo tempo em que colaborava estreitamente com Marx na estruturação e difusão do movimento comunista.
Engels escreveu numerosos artigos em jornais, que apareceram primeiro assinados por Marx e depois com o nome de seu autor e o título geral de Revolution and Counter-Revolution in Germany in 1848 (Revolução e contra-revolução na Alemanha em 1848). Em 1878, Engels decidiu abandonar definitivamente sua atividade comercial para dedicar-se por completo à difusão da doutrina comunista em jornais e revistas e aos contatos com dirigentes socialistas nos principais países europeus. Participou, também, da criação e organização da Associação Internacional dos Trabalhadores e, depois da morte de Marx, em 1883, completou os volumes II e III de Das Kapital (O capital), que o autor não pudera concluir.
Friedrich Engels escreveu algumas das principais obras que contribuíram para a sistematização do materialismo dialético e histórico. Entre elas figuram Der deutsche Bauernkrieg (1850; A guerra dos camponeses alemães), Anti-Dühring (1878), Ludwig Feuerbach und der Ausgang der klassischen deutschen Philosophie (1888; Ludwig Feuerbach e o fim da filosofia clássica alemã) e Der Ursprung der Familie, des Privateigenthums und des Staats (1884; A origem da família, da propriedade privada e do estado). Engels morreu em Londres, em 5 de agosto de 1895.

 


Veja também: